A partir desse mês, qualquer documento como recibos, emails, gravações ou fotos obtidas de forma lícita poderão ser aceitos pela Justiça como provas em processos trabalhistas – provas obtidas de forma ilegal continuam vetadas. Entre as novas permissões do Supremo Tribunal Federal está a possibilidade…



CONTINUE NAVEGANDO: