Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui




  


Revisão dos Benefícios do INSS – Auxílio Doença e Aposentadoria por Invalidez

Saiba aqui quem deverá realizar a revisão e o que fazer caso seja convocado.

Novas perícias estão previstas para o ano de 2017. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomará o chamado “pente-fino” e aproximadamente mais de 2 milhões de pessoas passarão por revisão dos seus benefícios. As informações foram dadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, na última terça-feira (17).

As revisões serão dos auxílios-doença e aposentadorias por invalidez para futura suspensão do pagamento aos beneficiários que estão em condições de retornar ao trabalho. Esta é a meta, conforme diz o governo.

Esta revisão teria sido anunciada no mês de julho do ano passado (2016), através da Medida Provisória 739 que acabou perdendo a validade em novembro, na qual foram suspensas as avaliações.

Para garantir a continuidade das revisões, o Presidente Michel Temer, publicou uma nova Medida Provisória no início deste mês (Janeiro).

Para quem tem mais de 60 anos de idade está liberado da revisão quem recebe aposentadoria por invalidez.

Como saber se vai sofrer a revisão?

As pessoas que forem convocadas para a revisão serão avisadas por meio de cartas. Não é preciso ir até o INSS ou telefonar, é o que afirma o Governo.

Manter o cadastro atualizado é uma prioridade para quem não quer perder o benefício. Por isso, é recomendado que seja feito uma atualização do cadastro através do telefone 135 ou pelo site da Previdência no seguinte endereço eletrônico: https://www8.dataprev.gov.br/.

É muito importante ressaltar, para quem mora em locais de difícil acesso aos Correios, as convocações serão feitas em publicações por edital em imprensa oficial.

O que fazer se for convocado?

Após receber o aviso de convocação, a pessoa deverá em até 5 dias úteis agendar a perícia através do telefone 135. Caso isso não seja feito dentro do prazo estabelecido, haverá a suspensão do benefício.

Se você perder o prazo, deverá comparecer em uma agência do INSS e agendar a perícia. No dia em que fizer a perícia deverá levar todos os documentos, além dos atestados e exames que comprovem a necessidade do benefício.

O resultado será disponibilizado 1 dia após ter efetuado a avaliação no INSS. Poderá ser verificado através do telefone 135 ou pelo site: https://www2.dataprev.gov.br.

A ordem das convocações será determinada por alguns critérios que o governo avalia ser necessários, dando prioridade para quem recebe auxilio-doença, tempo que recebe o benefício e idade do beneficiário.

Marcio Ferraz

Descubra aqui o que é o CNIS do INSS.

Caso você seja contribuinte do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e deseja acompanhar suas contribuições, saiba que existe uma plataforma chamada CNIS, que significa Cadastro Nacional de Informações Sociais. Nessa plataforma o contribuinte pode acompanhar mensalmente a situação do seu cadastro, sabendo assim se o empregador está realmente recolhendo suas contribuições. Outra vantagem da plataforma oferecida pelo INSS e se no caso de haver incorreções como faltar algum período que você contribuiu, você pode solicitar informações ligando para o telefone da Central de Atendimento do INSS 135.

Através do CNIS o contribuinte tem acesso sobre seguro desemprego, FGTS, entre outros. A importância do CNIS é que ele é um banco de informações que reúne todas as informações do governo, pois nesse banco de dados, além das informações de contribuinte e empregador, contém informações de outros órgãos como Ministério do Trabalho e Emprego, Receita Federal. É conveniente que o trabalhador tenha acesso ao extrato de vínculo e contribuições à previdência, bem antes de pedir o requerimento da aposentadoria, evitando assim que haja algum imprevisto quando for solicitar.

Caso você queira ter acesso ao extrato, deverá acessar o site do INSS. É necessário ter em mãos o número PIS/PASEP, juntamente com sua senha, que deverá ser solicitado em uma Agência da Previdência Social, se preferir o contribuinte pode buscar informações pessoalmente nas agências da previdência.

O contribuinte possui outras formas de obter o extrato caso ele tenha conta no Banco do Brasil ou Caixa Econômica, nesse caso o extrato pode ser solicitando pelo caixa eletrônico ou na Internet Banking da seguinte forma:

Banking Banco do Brasil

  • Vá na opção “conta corrente
  • Selecione a guia "Extrato diversos"
  • Por último clique na opção "Previdência Social"

Banking Caixa Econômica Federal

  • Primeiramente vá no menu "Cidadão Online"
  • Acesse "Extrato Previdências", no lado direito da página.

Na base de dados do CNIS estão trabalhadores que informaram seus dados previdenciários a partir do ano de 1971 para empregados. Também consta para trabalhadores individuais como os empresários, funcionários públicos que informaram seus dados a partir do ano de 1974, ou seja, todos aqueles que possuem o número do NIT ,PIS ou PASEP.

Gisele Alves de Brito

INSS 2017 – Calendário de Pagamentos

Confira aqui o Calendário de Pagamentos do INSS 2017.

A Secretaria de Previdência Social, na quinta-feira, dia 10 de novembro, divulgou o calendário base para realização do pagamento dos benefícios do INSS para o ano de 2017, que passam de mais de 33 milhões. O calendário divulgado pelo órgão pode ser conferido logo abaixo:

A folha de pagamento do mês de janeiro começa a ser realizada no dia 25, tendo o término no dia 7 de fevereiro de 2017.

Os depósitos continuam com a metodologia idêntica dos anos passados, isto é, dando prioridade para os beneficiários que recebem valor até o piso da previdência (um salário mínimo), nos últimos cinco dias úteis de cada mês.

Já para os beneficiários que recebem valor acima de um salário mínimo, o pagamento começa a ser realizado nos cinco primeiros dias úteis de cada mês.

Para identificar a data de pagamento do seu benefício, os beneficiários precisam fazer a observação do último número do seu cartão, não considerando o dígito.

Vale lembrar que o beneficiário precisa ficar atento no momento que a data deste pagamento cair em feriados, porque o valor só será depositado para a conta no próximo dia útil. Como por exemplo, no final do mês de fevereiro, como o dia do Carnaval em 2017 irá cair no dia 28, as transferências irão acontecer até o dia 24 e apenas irão recomeçar no dia 2 do próximo mês, março. E no fim do próximo ano, devido a data do Natal, a transferência do mês de dezembro será realizado até o dia 21 e só será retomado no dia 26.

De acordo com informações divulgadas pela Previdência, estes benefícios pagos acabam por injetar na economia cerca de R$ 37 bilhões.

É válido lembrar também que, no geral, o INSS realiza o depósito da primeira parcela do décimo terceiro salário no mês de agosto, porém, é pago no mês de setembro. O valor se refere à metade do benefício extra, com exceção somente para os que passaram a ser beneficiado pela Previdência após o mês de janeiro. Caso isso tenha ocorrido, o valor será proporcional. O beneficiário que possui dúvidas deverá entrar em contato através do número 135.

FILIPE R SILVA

Saiba aqui como consultar o saldo, tirar o extrato e tirar a certidão negativa do INSS.

A Certidão Negativa do INSS via internet tornou mais fácil a vida dos contribuintes da previdência. Oficialmente ela é chamada de Certidão Negativa de Débitos (CDN). Esse instrumento foi criado com o objetivo de tornar mais prático e ágil o processo burocrático ajudando consequentemente o trabalhador e também o empregador a ter uma maior segurança e controle sobre os aspectos que envolvem questões junto a Previdência Social. Ela auxilia inclusive na questão de haver débitos ou não do contribuinte junto a Previdência. No caso de existir alguma pendência, o nome aplicado é Certidão Positiva de Débito.

É importante lembrar que a CDN pode ser usada tanto no caso das contribuições que são feitas para o INSS quanto para os tributos pagos ao governo federal.

Como emitir a certidão

Se você tem a necessidade de emitir a certidão negativa de débitos do INSS veja abaixo o passo a passo:

1 O primeiro passo é entrar no site do Dataprev. O endereço eletrônico é o seguinte: http://www.dataprev.gov.br/servicos/cnd1.htm..

2 Dentro do site procure pela opção “Pedido de CND” e clique sobre ela.

3 Na sequência é preciso informar o número do Cadastro Específico do INSS – CEI.

4 O Dataprev solicita nesse ponto que seja informado qual o motivo do pedido da CND. Entre as opções listadas no site vamos ter averbação de imóvel, registro de alteração contratual e arquivamento.

5 O site exige que seja digitado o código que é informado pelo anti-robô. Isso é apenas uma medida que a maioria dos sites estão adotando para garantir uma maior segurança aos usuários.

6 Ao clicar em “Cadastrar” você será redirecionado para outra página. Aqui verifique se todas as informações listadas por você estão de fato corretas.

Depois é só clicar em “Confirmar”.

Uma outra maneira de se obter a certidão negativa de débitos é fazendo o pedido pessoalmente em alguma Unidade da Receita Federal ou ainda na Procuradoria Geral da Fazenda Nacional.

Em que caso a Certidão Negativa de Débitos é usada?

A exigência da CNH pode ocorrer em diversas situação. Ela pode ser pedida, por exemplo, no caso de tributos que sejam administrados pela Receita Federal ou Procuradoria da Fazenda Nacional. Ela pode ser usada também em diversas situações tratadas pelo INSS que dizem respeito as contribuições que são feitas a Seguridade. Ela também pode ser pedida para o contribuinte de pessoa jurídica ou pessoas físicas que estejam representando uma empresa.

Para fazer o pedido da CND ou obter maiores informações clique aqui.

Por Denisson Soares

O INSS de João Pessoa (Paraíba) abriu seleção para preenchimento de 11 vagas e formação de cadastro de reserva para estagiário de Direito. Para poder participar do processo seletivo, o candidato deve estar cursando a partir do 5º período do curso de Direito em instituição reconhecida pelo MEC.

A carga horária semanal de estágio é de 30 horas. Os benefícios e o valor da bolsa-auxílio não foram informados pela instituição.

As inscrições para a seleção estão sendo realizadas na unidade do INSS em João Pessoa, que fica situada na Rua Odon Bezerra, nº 100, Roger, João Pessoa/PB. O horário para se inscrever é das 07h30 às 17h30 e poderão ser feitas até o dia 8 de abril, de segunda a sexta-feira. Para mais informações, os interessados podem ligar para o número de telefone (83) 3241-1655.

Os candidatos serão selecionados através de uma prova objetiva e discursiva que será aplicada no dia 16 de abril das 09h00 às 13h00. O resultado final com a lista dos aprovados será divulgado no dia 11 de maio, através do endereço eletrônico www.agu.gov.br/pfeinss.

Por Andrea Gomes

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já recebe inscrições de médicos para trabalhar temporariamente em 14 regiões no estado de São Paulo.

Além dos municípios paulistas, as cidades de Maceió (Alagoas), Teresina (Piauí), João Pessoa (Paraíba) e Itabuna (Bahia) também vão contratar médicos para continuar os atendimentos no INSS enquanto se mantém a greve dos peritos médicos do Instituto.

Podem se inscrever médicos devidamente cadastrados no Conselho Regional de Medicina. Os médicos contratados temporariamente atuarão nas Agências da Previdência Social.

As inscrições em São Paulo serão recebidas até 14 de setembro, nas gerências executivas do INSS.

Os endereços das unidades estão disponíveis no site: www.previdenciasocial.gov.br.

Por Luana Neves

A legislação trabalhista e previdenciária brasileira garante uma série de direitos aos colaboradores devidamente registrados. Dois desses direitos são a aposentadoria e uma espécie de “poupança” compulsória chamada Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Toda organização deve recolher mensalmente essas  duas contribuições de todos os trabalhadores registrados no regime CLT.

É muito importante que as pessoas verifiquem se estes valores monetários estão sendo devidamente depositados. Algumas empresas, ao passarem por dificuldades ou agindo de má fé, deixam de fazer os depósitos por certos períodos ou até mesmo nunca chegam a fazê-los. Isso além de imoral, é ilegal e dá direito ao empregado de recorrer à Justiça.

Fique de olho para ver se a companhia está honrando com sua parte das contribuiçõe sociais a que você tem direito. Garanta assim um futuro tranquilo com aposentadoria assegurada e  também a chance de poder usar seu FGTS em momentos oportunos.