Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui



  

Em 2014 os brasileiros poderão participar de diversos projetos de caráter profissional em países estrangeiros. Dentre os diversos que serão oferecidos destacamos um em particular: a Semana de Estudos na Suíça.

Essa, que é a 6° edição do projeto deverá acontecer na cidade de Genebra. De acordo com informações divulgadas sobre a Semana de Estudos, o principal foco da mesma é apresentar de maneira clara todos os setores que constituem a Organização das Nações Unidas (ONU).

Além disso, os participantes ainda terão durante o período de realização da mesma a possibilidade de participar de palestras sobre diversos temas que envolvem questões internacionais como, por exemplo, desenvolvimento sustentável, dentre outros.

O período de recebimento das inscrições já se encontra em aberto. Segundo as informações divulgadas até o momento os candidatos poderão se inscrever até o dia 21 de junho de 2014. As inscrições estão sendo recebidas via internet por meio dos seguintes endereço eletrônicos: ledda@inloco.biz ou info@semanadeestudos.com.

No final da 6° Semana de Estudos da Suíça, os candidatos participantes irão receber um certificado referente a conclusão da mesma.

Os candidatos que se interessarem e quiserem participar deverão atender alguns requisitos de participação fundamentais. Dentre os abordados os interessados precisam ter conhecimentos de inglês em nível intermediário e passaporte válido. Para este projeto a informação é de que edição deverá acontecer no período situado entre os dias 30 de agosto de 2014 e 06 de setembro de 2014.

Conforme informado, os participantes participarão de palestras que, entre os assuntos abordados terão os seguintes relacionados as atividades da ONU: Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (UNDP); Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (UNEP); União Internacional das Telecomunicações (ITU); Programa das Nações Unidas para os Refugiados (UNHCR) e etc.

Maiores informações poderão ser obtidas pelo site da semana de estudos ou pelos telefones (11) 3884-8380/ (11) 996 390 961.

Por Denisson Soares

Não é de hoje que o domínio de uma língua estrangeira é um fator seletivo para muitas vagas de trabalho em todo o país. Mas você sabia que quem possui bom domínio de inglês pode ter um salário até 20% superior?

Quanto mais elevado é o cargo de uma pessoa em uma empresa, a necessidade de que exista um nível de inglês superior é iminente.

Em algumas áreas, contudo, é preciso ter bem mais que um inglês fluente. Nas áreas de engenharia, tecnologia e mercado financeiro, por exemplo, é interessante que se possua um bom nível de inglês técnico.

Como estudar inglês em casa?

Existe à disposição das pessoas uma grande variedade de conteúdo na Internet, e até mesmo assistindo a filmes. Alie o que você gosta, com a possibilidade de ver filmes várias vezes.

Outra dica é ligar a TV em um canal com conteúdo da língua que deseja aprender. Por exemplo: para inglês (CNN, BBC), para alemão (Deutsche Welle), para italiano (RAI), e assim por diante.

Veja abaixo um vídeo interessante exibido no Jornal Hoje:

Depois de anos de estudo e dedicação, finalmente você conclui seu mestrado ou doutorado numa renomada instituição no exterior. Título obtido, é hora de pensar sobre o que fazer da vida. Surge, então, a pergunta: fico por aqui mesmo ou retorno ao Brasil?

A resposta a essa pergunta vai depender de uma série de fatores.

Antes de tudo é preciso saber se há chances reais de você ser bem sucedido em sua área no Brasil. Num país que investe pouco em pesquisa e que valoriza pouco seus pesquisadores, às vezes é bastante frustrante retornar sem perspectivas concretas. Se você é daqueles apaixonados pela pesquisa experimental, talvez a melhor opção seja ficar no exterior. Se você é está mais inclinado a lecionar, o Brasil pode oferecer oportunidades tão boas quanto as que existem lá fora. Tudo é uma questão de ponderar sobre seus objetivos e aspirações e então, decidir.

Bons profissionais de pesquisa e ensino tendem a ser bem valorizados em qualquer lugar do mundo, mas é preciso estar atento para identificar onde isso irá acontecer de maneira mais rápida no seu caso específico.