Os jovens e adolescentes são contratados pelo período de dois anos, sem renovação. Durante esse período, os aprendizes cumprirão, semanalmente, quatro dias de trabalho no Banco do Brasil, e um dia de atividade teórica na instituição.

Jovens de baixa renda começam a se preocupar com o mercado de trabalho desde muito cedo. Não é raro encontrar casos de pessoas que abandonaram os estudos antes de completar quinze anos de idade por causa de problemas financeiros. Por conta dessa triste realidade, entidades governamentais estudam soluções que evitem a evasão escolar.

Ao longo dos últimos anos, muitos programas sociais foram desenvolvidos para atender a parcela mais pobre da população. Um desses programas é o “Jovem Aprendiz”, que tem por principal objetivo, unir formação educacional e experiência profissional.

Com o passar do tempo, alguns programas sociais foram extintos. No entanto, o Programa Jovem Aprendiz continua operando com força total, provando ser um modelo que deu certo. Empresas de diversos setores abraçaram a causa, e do outro lado, pais de jovens e adolescentes, responsáveis legais e instituições educacionais, receberam o programa com bons olhos.

O Programa Jovem Aprendiz abrange diversos aspectos cruciais para a formação do aluno. Ele trabalha educação financeira, independência, responsabilidade, entre outros aspectos. Por esse e outros motivos, o Programa Jovem aprendiz tem se destacado positivamente.

Programa Jovem Aprendiz Banco do Brasil

Como já foi dito anteriormente, muitas empresas aderiram ao programa Jovem Aprendiz. Uma delas é o Banco do Brasil, instituição financeira que atua há muitos anos no mercado. Iniciar uma carreira por meio do Banco do Brasil agregará um valor imenso ao currículo. Além disso, tanto o aluno, quanto a instituição serão beneficiados nesse processo.

O Banco do Brasil seleciona entidades sem fins lucrativos que promovam projetos socioeducativos. Em parceria com o Banco, essas entidades desenvolvem atividades teóricas em sala de aula com os adolescentes e jovens participantes do programa.

Os jovens e adolescentes são contratados pelo período de dois anos, sem renovação. Durante esse período, os aprendizes cumprirão, semanalmente, quatro dias de trabalho no Banco do Brasil, e um dia de atividade teórica na instituição sem fins lucrativos. Os jovens precisarão cumprir seis horas diárias de trabalho, enquanto os adolescentes precisarão cumprir quatro horas de trabalho por dia.

Quem pode participar

Para o Programa Adolescente Aprendiz, o participante precisa ter entre 16 e 17 anos incompletos. Já os participantes do Programa Jovem Aprendiz, precisam ter entre 18 e 22 anos.

Os participantes precisam ser oriundos de famílias de baixa renda, com renda per capta de até meio salário mínimo nacional. Também é necessário estar matriculado em escola pública ou ser bolsista de escolar particular, ter bons rendimentos e frequência escolar regular.

Atividades desenvolvidas pelos aprendizes

Os recrutados receberão preparo teórico e instruções práticas, que os permitirão exercer as seguintes funções: protocolar e movimentar documentos entre setores no interior do banco, expor e recolher materiais promocionais nas dependências da instituição financeira, repor suprimentos, operar impressoras e copiadoras, arquivar documentação e processos, prestar primeiro atendimento a clientes e usuários em ambientes internos, prestar atendimento telefônico sob orientação, estocar e repor materiais para uso dos funcionários e clientes, entre outras atividades.

Onde se inscrever

Para participar do Programa Jovem Aprendiz Banco do Brasil, os interessados precisam procurar por entidades sem fins lucrativos, que sejam parceiras do Banco do Brasil, e efetuar cadastro. O CIEE é uma dessas entidades. O cadastro para o CIEE pode ser feito online na página oficial do instituto. Link de acesso: http://www.ciee.org.br/portal/estudantes.

Todo o processo seletivo será organizado pelas instituições assistenciais. O vínculo empregatício também será de inteira responsabilidade dessas instituições. Os interessados podem acessar a página do Banco do Brasil para maiores informações.

O Programa Jovem Aprendiz é inteiramente gratuito. Não efetue depósitos em nome de pessoas ou empresas. Também não é necessária a adesão de cursos de iniciativa privada, pois as empresas envolvidas no programa devem oferecer treinamento aos recrutados.

Por Kátia da Silva


Oportunidades são para Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Estamos ainda no primeiro trimestre do ano de 2018 e geralmente nessa época muitas empresas e instituições de diversos segmentos abrem inscrições para seus processos seletivos e concursos públicos. E por falar em concurso público, alguns são muito aguardados como é o caso do concurso público do Banco do Brasil, o BB, que geralmente oferece boas oportunidades.

Nesse sentido, se você aguarda pela oportunidade de prestar concurso público no Banco do Brasil, sua oportunidade acabou de chegar. É que o BB torna público aos interessados que irá realizar um novo concurso público neste ano de 2018.

O edital de abertura do certame foi publicado no dia 06 de fevereiro, última quarta-feira.

De acordo com suas informações, serão ofertadas 60 vagas para o posto de Escriturário do Banco do Brasil. Contudo, é importante ressaltar que 30 oportunidades são para lotação imediata, enquanto que o quantitativo restante é para a composição do CR, que é o Cadastro de Reservas.

Para quem não possui muitas informações sobre este posto de Escriturário, é tido como suas atribuições o atendimento ao público, comercialização de serviços e produtos do BB, atividades no caixa, prestação de informações ao cliente, contato com usuários e clientes, redação oficial de correspondências, controles de estatística, conferência de documentos e relatórios, entre outras.

As inscrições estão abertas a candidatos de todo o país, contudo, os aprovados no concurso público irão desenvolver suas atividades trabalhistas nos municípios de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro.

Os aprovados no cargo de Escriturário do BB receberão inicialmente um salário cujo valor é R$ 2.718,70, para o cumprimento de uma carga horária no total de 30 horas por semana.

Além desta remuneração os aprovados ainda poderão contar com diversos benefícios, como auxílio creche, vale-transporte, plano de previdência privada, auxílio alimentação/refeição, auxílio ao dependente portador de deficiência e ainda a possibilidade de crescimento profissional.

Outro benefício que o BB oferece aos seus servidores é a participação nos lucros e nos resultados da instituição.

Os interessados em realizar este certame devem possuir Ensino Médio completo.

Quem se inscrever irá realizar o concurso e se aprovado deve assinar um contrato de experiência para um período composto por 3 meses. Assim, durante este tempo o servidor recém-aprovado terá seu desempenho avaliado. Serão observados nesse período experimental, a sua capacidade, a adaptação ao modo de trabalho e a disciplina.

Quando este período de 90 dias for completado, aqueles que tiverem um desempenho satisfatório serão contratados de acordo com o regime de CLT, de Consolidação das Leis do Trabalho.

O edital informa que o certame possui validade prevista para um tempo de 12 meses. Porém, este tempo deve ser prorrogado por período sem determinação, o que dependerá da necessidade e da determinação do Banco do Brasil.

Das 60 vagas disponibilizadas na concorrência, 20% são destinadas a candidatos declarados negros e outros 5% são destinadas a candidatos que sejam portadores de alguma deficiência.

Os interessados em realizar o Concurso Público do BB podem realizar suas inscrições acessando o site www.cesgranrio.br, que é o endereço eletrônico da empresa que foi contratada para organizar o processo do certame, a Cesgranrio.

As inscrições terão início no dia 08 do mês de março e serão encerradas no dia 27 do mesmo mês.

Para ter sua inscrição efetuada com sucesso o candidato precisa pagar uma taxa de participação no valor de R$48.

O processo de seleção dos novos servidores do BB será composto pela realização de uma prova objetiva e por um texto (redação).

Haverá aplicação e provas nos municípios de Porto Alegre/RS, Belo Horizonte/MG, Brasília/DF, Recife/PE, Belém/PA, Fortaleza/CE, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Curitiba/PR e Campinas/SP.

A data marcada para realização da prova (objetiva e redação) é dia 13 do mês de maio.

Não perca essa excelente oportunidade de conseguir um emprego que ofereça um bom salário, além de vários benefícios e acima de tudo segurança e estabilidade financeira, que estão em falta neste momento em que o país passa por uma forte crise econômica que resulta em um elevado número de desempregados.

Sirlene Montes


O Banco do Brasil está com inscrições abertas para o processo seletivo para o cargo de Escriturário para vários estados da federação, tais como: Santa Catarina, Roraima, Maranhã, Ceará, Paraná, entre outros.

Para concorrer ao cargo, o candidato deve possuir o Ensino Médio e realizar a inscrição no período de 22/12/2014 e 19/01/2015, por meio do endereço eletrônico da Fundação CESGRANRIO (www.cesgranrio.org.br). Conforme o edital, para inscrição é necessário informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Registro Geral (RG). O valor da taxa de inscrição é de R$ 40,00.

O cargo de Escriturário no Banco do Brasil tem remuneração inicial no valor R$ 2.227,26, com jornada de trabalho de 30 horas semanais. Além disso, a instituição oferece vale-transporte, auxílio-creche, ajuda de alimentação, entre outros benefícios.

Segundo o edital, as atribuições de Escriturário no Banco do Brasil, compreendem atendimento ao público, atuação no caixa, redação de correspondência em geral, controles estatísticos, entre outras.

O presente certame será composto de três etapas, sendo a primeira de caráter eliminatório e classificatório, e as demais de caráter eliminatório.  A 1° etapa será a aplicação de uma prova, a 2° etapa constituir-se-á numa Redação, e na terceira etapa serão realizadas as perícias médicas e procedimentos admissionais, lembrando que essa última etapa também é eliminatória.

A avaliação da 1° etapa do processo seletivo do Banco do Brasil para o cargo de escriturário, contará com 70 questões, sendo 45 de conhecimentos específicos e 25 de conhecimentos básicos. O conteúdo programático para a avaliação de conhecimentos básicos versará com as seguintes disciplinas: Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Atualidades do Mercado Financeiro. Já os conhecimentos específicos, terão como disciplina: cultura organizacional, técnicas de venda, atendimento, Língua Inglesa, Domínio Produtivo da Informática e Conhecimentos Bancários.

Para acessar o Edital completo, bem como realizar a inscrição, acesse  www.cesgranrio.org.br.

Por Thiago José Fernandes


O Banco do Brasil, a instituição financeira mais antiga do país, oferece vagas de estágio para quem tem força de vontade e deseja fazer parte de uma das empresas mais sólidas do ramo de bancos. Só existem duas formas de trabalhar Banco do Brasil, uma é através de concurso e a outra, através do programa de estágio.

Se você ainda é estudante de cursos como: administração, economia, ciências contábeis ou está no último ano do ensino médio e gosta de trabalhar com o público, foi para pessoas com o seu perfil que o Banco do Brasil dá novas oportunidades para estágios e treinees. As vagas são para atuar no departamento do Banco do Brasil Seguros, com salário fixo mais comissão por cada produto de seguro vendido.

Para concorrer a uma das vagas é preciso fazer a sua inscrição e o registro do seu currículo no site http://www.bbseguros.com.br/alianca/trabalhe-conosco.html. O quanto antes fizer seu cadastro, maiores as chances de ser chamado para uma entrevista e efetivação de uma contratação para o Banco do Brasil.

Através deste portal, você também obtém mais informações sobre o programa de estágios do Banco do Brasil, bem como os dados de como funciona o departamento de seguro da empresa.

Por Michele de Oliveira






CONTINUE NAVEGANDO: