Prefeitura do Rio de Janeiro abre vagas para portadores de deficiência

Categorias: Prefeitura - Rio de Janeiro - Vaga de emprego

Embora o país atravesse um duro período de pandemia, muito está sendo feito, por parte do governo e de empreendimentos privados, para sanar o problema do desemprego que aumentou vertiginosamente depois da quarentena forçada.



Recentemente, administradores da Prefeitura do Rio de Janeiro anunciaram a abertura de um rol compondo 100 novos postos de trabalho, destinados para a categoria pessoas com deficiência (PCD). Conforme um comunicado da Secretaria Municipal que atende à Pessoa com Deficiência e à Tecnologia, todos os futuros candidatos deverão encaminhar currículos atualizados para o seguinte e-mail: trabalhopcdsmdt@gmail.com. Os mesmos poderão encaminhar uma mensagem de interesse via WhatsApp, cadastrando o número: 98471-8490.

Os gestores da prefeitura destacaram, de modo a complementar as exigências, que todo cidadão interessado nesse processo de seleção deverá encaminhar, anexado ao currículo, o necessário laudo médico, devidamente atualizado, contendo o número de CID, o qual consiste em especificação do tipo de deficiência que está presente na pessoa.

Por exemplo: quem possui deficiência auditiva, tem o dever de encaminhar seu exame de audiometria, atualizado.



O conjunto de postos chega a 127 cadeiras que serão ocupadas nas seguintes regiões: Zona Norte; Zona Sul; Zona Oeste e na Baixada Fluminense. As vagas abrangem pessoas que possuam certificado de ensino fundamental, médio e ensino superior. Abaixo segue a relação de funções a serem preenchidas:

Vaga para Pedreiro; vaga de Marceneiro; vaga de Eletricista; vaga de Caixa; vaga de Repositor; vaga de Empacotador; vaga de Auxiliar em produção; vaga de Analista em suporte; vaga de Auxiliar em estoque; vaga para Auxiliar administrativo e para a função de Auxiliar em carga e descarga.

Todos os links para recebimento de dos cadastros de candidatos, que iniciaram o funcionamento há duas semanas, estão com mais de 70 currículos anexados e mais 30 solicitações de interessados em cursos específicos de qualificação profissional.

O desemprego está voltando ao pico no Brasil.

Infelizmente, no Rio de Janeiro permanece no ranque de segundo Estado que onde foi registrado maior número de fechamento de oportunidades de trabalho, de acordo com levantamento de dados empreendido pelo setor do Caged, ou Cadastro Geral dos Empregados e dos Desempregados. Essa estatística foi oficialmente publicada no dia 29 do último mês, junho, no órgão do Ministério da Economia.

Ainda conforme o mesmo levantamento efetuado, entre os meses de janeiro e maio, de 2020, em torno de 164 mil oportunidades de emprego foram encerradas no Estado Rio de Janeiro, o qual só perde para a situação registrada no Estado de São Paulo.

A mesma pesquisa estatística apresentou o seguinte resultado: em torno de 95% dos postos existentes deixaram de existir ao longo desse período de pandemia, mais de três meses, no qual se combate o fator corona vírus.

Sumarizando as informações essenciais:

A prefeitura do Rio de Janeiro está anunciando mais de 100 novos postos de trabalho, destinados aos profissionais na categoria de pessoas com deficiência (PCD). Todas as pessoas interessadas, cujos perfis se enquadrem no que é exigido, poderão cadastrar-se para o processo de seleção.

É necessário que cada candidato encaminhe seu currículo atualizado, junto do laudo médico, também atualizado, com o número do CID, que consiste na especificação do tipo de deficiência que está presente na pessoa. Encaminhar o documento de currículo para o seguinte e-mail: trabalhopcdsmdt@gmail.com. Ou, também, encaminhar mensagem de texto, manifestando interesse nas vagas, por WhatsApp, pelo número 98471-8490.

Vale a pena conferir. Nesse período de pandemia, no qual a conquista de emprego está difícil, e muitos empregos estão sendo perdidos, é importante não deixar passar nenhuma boa oportunidade.



Próximo Post

Não há mais posts

Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *