Revisão dos Benefícios do INSS – Auxílio Doença e Aposentadoria por Invalidez


  

Saiba aqui quem deverá realizar a revisão e o que fazer caso seja convocado.

Novas perícias estão previstas para o ano de 2017. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) retomará o chamado “pente-fino” e aproximadamente mais de 2 milhões de pessoas passarão por revisão dos seus benefícios. As informações foram dadas pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, na última terça-feira (17).

As revisões serão dos auxílios-doença e aposentadorias por invalidez para futura suspensão do pagamento aos beneficiários que estão em condições de retornar ao trabalho. Esta é a meta, conforme diz o governo.

Esta revisão teria sido anunciada no mês de julho do ano passado (2016), através da Medida Provisória 739 que acabou perdendo a validade em novembro, na qual foram suspensas as avaliações.

Veja também:  Calendário de Saque do FGTS Inativo

Para garantir a continuidade das revisões, o Presidente Michel Temer, publicou uma nova Medida Provisória no início deste mês (Janeiro).

Para quem tem mais de 60 anos de idade está liberado da revisão quem recebe aposentadoria por invalidez.

Como saber se vai sofrer a revisão?

As pessoas que forem convocadas para a revisão serão avisadas por meio de cartas. Não é preciso ir até o INSS ou telefonar, é o que afirma o Governo.

Manter o cadastro atualizado é uma prioridade para quem não quer perder o benefício. Por isso, é recomendado que seja feito uma atualização do cadastro através do telefone 135 ou pelo site da Previdência no seguinte endereço eletrônico: https://www8.dataprev.gov.br/.

Veja também:  Saque de FGTS Inativo - Como Funciona?



É muito importante ressaltar, para quem mora em locais de difícil acesso aos Correios, as convocações serão feitas em publicações por edital em imprensa oficial.

O que fazer se for convocado?

Após receber o aviso de convocação, a pessoa deverá em até 5 dias úteis agendar a perícia através do telefone 135. Caso isso não seja feito dentro do prazo estabelecido, haverá a suspensão do benefício.

Se você perder o prazo, deverá comparecer em uma agência do INSS e agendar a perícia. No dia em que fizer a perícia deverá levar todos os documentos, além dos atestados e exames que comprovem a necessidade do benefício.

O resultado será disponibilizado 1 dia após ter efetuado a avaliação no INSS. Poderá ser verificado através do telefone 135 ou pelo site: https://www2.dataprev.gov.br.

Veja também:  FGTS Contas Inativas - Transferência do Saldo para Conta Corrente da Caixa

A ordem das convocações será determinada por alguns critérios que o governo avalia ser necessários, dando prioridade para quem recebe auxilio-doença, tempo que recebe o benefício e idade do beneficiário.

Marcio Ferraz


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






5 comentários em “Revisão dos Benefícios do INSS – Auxílio Doença e Aposentadoria por Invalidez

  • · Editar

    Se os peritos estão ganhando por atendimento vão nos atender rapidinho e nem analisar direitinho cada pessoa que realmente precisa receber corre o risco de ser bloqueado por atenção do medico

  • A pessoa que tem problema de visão, que recebeu transplante de córneas, pode ter direito a aposentadoria por invalidez, uma vez que a visão limitada pode prejudica-la na execução do serviço?

  • · Editar

    Oi Boa noite sou Erasmo Luciano Curitiba quero saber pq eu não foi notificado pelo INSS Então Desculpa mais estou surpreso pq eu foi al INSS eu fiz a regularização do meu novo END eu quero saber se o meu benefício vai cair na na minha conta

  • · Editar

    O aposentado por invalidez 32 com 52 anos..ao completar 65 anos terá direito a aposentadoria por idade ? Wander Mendes

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *