Confira as características que podem destruir um líder




Falar demais e ouvir pouco, ser estressado, não saber se comunicar com a equipe mostrar arrogância são as características que podem destruir um líder.

Uma das tarefas mais difíceis na vida profissional é liderar. A pessoa que ocupa essa posição é a principal responsável por motivar a sua equipe, administrar o trabalho, gerir conflitos e problemas que venham a ocorrer e direcionar tudo de uma forma que traga um desempenho positivo para a empresa.

As empresas buscam cada vez mais esse profissional, que tenha essa característica – de liderar. Uma pesquisa feita em 2012 por uma empresa especializada em recrutamento, a Roberto Half, mostrou que no Brasil, 9 em cada 10 empresas têm um profissional com esse perfil.

Veja também:  Vagas de Emprego Abertas na Willisa - Setembro de 2018

Mas há um ponto a considerar, segundo os especialistas em recrutamento, que é o fato de que mesmo o profissional tendo essa característica nata, ele precisa ser treinado e preparado para assumir uma posição, um cargo de liderança. Não tendo essa preparação ele pode se tornar, apesar de líder nato, um problema para a empresa.

Há formas de identificar se o profissional é despreparado e se for assim, pode ser prejudicial à empresa. Veja 4 características que podem destruir um líder.

1. Fala demais e ouve pouco:


Tão importante quanto falar com seus liderados é saber ouvi-los, estar atento às necessidades da equipe, bem como às críticas. Um prova de que se é um bom líder é saber ouvir o que seus colaboradores têm a dizer, mesmo que seja uma crítica negativa e ter discernimento, saber que não pode levar a crítica para o lado pessoal. Lembrar sempre da máxima: "Há o momento de ouvir e o momento de falar". Tentar achar o equilíbrio, não exigir demais e não elogiar demais – tanto um quanto o outro cansa.

Veja também:  Vagas de Emprego na Sascar - Julho de 2018

2. Ser estressado:

Pessoas estressadas, principalmente líderes, desanimam o seu grupo de colaboradores. O estresse faz com que as pessoas fiquem atrás e obcecadas por coisas sob as quais não conseguem ter controle e dessa forma se sobrecarregam, pois pegam tudo para si.

3. Não saber se comunicar com a equipe:

Ponto primordial, uma vez que saber comunicar-se vai fazer com que tenha o controle sobre os acontecimentos. Há que se saber comunicar tanto as coisas boas quanto as ruins e saber equilibrar o tom, não ser nem tão emotivo nem tão rude.

4. Mostrar arrogância:

A humildade é o que vai aproximar um líder de sua equipe, já a arrogância só prejudicará esse relacionamento. Pessoas arrogantes são, normalmente, mandonas – e isso destrói qualquer sinal de liderança de equipe, considerando que os colaboradores terão medo ou não simpatizarão com o seu líder.

Veja também:  Vagas de Emprego Abertas na Portocred - Julho de 2018

Por Elia Macedo

Empregos relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *