Como lidar com a desmotivação no trabalho

Categorias: 2014 - Dicas - Motivação - Profissional

Quando iniciamos em um novo emprego, a motivação é uma das melhores amigas. Afinal, tudo é novidade: novo endereço, nova sala, novos companheiros, novos projetos. Mas, e quando o tempo passa? Continuamos motivados? 



Infelizmente, em alguns casos, não. Para muitos profissionais, basta um curto espaço de tempo para que as tarefas do dia a dia tornem-se tediosas, estressantes e desestimulantes. Por que isso acontece? 

Segundo Luiz Pagnez, caça-talentos do site Recrutando.com, a desmotivação está aliada à insatisfação, ou seja, quando os objetivos e metas profissionais não são alcançados. E, para descobrir se isso está acontecendo com você, é simples:

– Falta de comprometimento: colaboradores desmotivados tendem a não apresentar comprometimento com as tarefas da rotina corporativa, como participação em reuniões, cumprimento de prazos e discussão de ideias. 



Negativismo: com relação ao entusiasmo, este também tende a diminuir. Em muitos casos, as energias positivas, que deveriam ser direcionadas à realização de tarefas e projetos, acabam sendo dirigidas à situações negativas, como intrigas com companheiros de trabalho.

Queda de qualidade na produção: naturalmente, funcionários desmotivados apresentam uma queda na qualidade de seus trabalhos. Estes precisam ficar atentos pois as consequentes avaliações negativas podem prejudicar, e até comprometer, sua carreira. 

Sair do atual emprego é a melhor solução? 

A primeira decisão que vem a cabeça quando estamos desmotivados no emprego é, automaticamente, mudar de empresa. Entretanto, é possível deixar a desmotivação de lado e dar uma reviravolta na rotina:

– Analise sempre as soluções, focando-se nelas ao invés dos problemas;

– Esteja disposto à aceitar os novos desafios propostos pela empresa; 

– Mantenha um bom relacionamento interpessoal com sua equipe, sempre deixando claras as suas ideias, pensamentos e objeções; 

– Envolva-se com os projetos e objetivos da empresa; 

– Seja proativo, a fim de reduzir o surgimento de problemas;

Se você tentou de todas as formas recuperar a motivação e não obteve êxito, as melhor decisão pode ser a troca de emprego. Porém, especialistas afirmam que uma saída triunfal, sempre deixando as portas abertas para um futuro (próximo ou não), é o desejado!

Por Tatiane de Andrade Matos



Outros Conteúdos Interessantes

1 Comment





  1. Protesto contra o abuso do Famigerado Fator Previdênciario URGENTE URGENTE urgente URGENTE URGENTE URGENTE





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *