Vícios de linguagem: cuidado na entrevista

Categorias: 2014 - Dicas - Entrevistas

Para sair em busca de uma nova oportunidade de trabalho é sempre bom estar seguro e bem preparado, afinal, várias pessoas estão com a mesma intenção e, com isso, há sempre uma competição em massa, gerando mais ansiedade por partes dos profissionais.



Chega no momento da entrevista, você está lá todo preparado, mas, logo depois, descobre que mesmo assim não conseguiu convencer o recrutador, não sabendo qual o verdadeiro motivo que o levou a não contratá-lo. Pois bem, saiba que muitas pessoas passam por isso, então, o melhor que terá que fazer é não se desesperar. 

É normal isso acontecer e, infelizmente, competição vai haver um qualquer lugar, só não pense que você não foi capaz. Às vezes o problema está no recrutador, e não em você. Parte dos recrutadores estão ali, exigindo os requisitos que a empresa quer, e está tão ansioso quanto você. Mas não dependa disso. Saiba que você pode ser reprovado por dizer uma frase, por mais insignificante que ela seja, e você nunca vai ficar sabendo disso.

O universo das entrevistas de processos seletivos é um mistério e um tanto instável. Um dia é você, amanhá será outro, e assim por diante. Por isso, as palavras que você diz nesse momento pode influenciar, e muito.



Veja o que você não pode falar em uma entrevista, de acordo com especialistas de RH:    

1- Gírias: você será identificado como alguém inseguro e que não tem domínio da linguagem formal.  

2- Erros de português: não precisa ser politicamente correto, usar uma linguagem simples, mas precisa, já é o suficiente.  

3- Intimidade: não force intimidade com o recrutador tentando chamá-lo com apelidos, isso pode soar para ele que você está desviando-o para que ele não veja as suas falhas.  

4- Ruídos: sabe aquele "Hum", "Ah", "Aham" que soltamos sem querer e que acaba gerando vício de linguagem? Pois é, isso interrompe o raciocínio das pessoas e atrapalha muito, por isso, evite.  

5- Vida pessoal: se não lhe for solicitado, então não fale jamais. Principalmente de problemas com ex-chefes ou problemas pessoais, isso demostrará imaturidade.

Por Daniela Almeida da Silva



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *