Conhecendo a profissão de Comissário de bordo

Anuncie sua vaga.

  

Aeromoças ou, no caso, dos homens comissários de vôo, são os profissionais responsáveis por assegurar um ambiente de perfeita tranquilidade dentro de um avião. Muitas vezes servem drinques de boas vindas e administram conflitos e comportamentos inesperados, sempre zelando pela vida do passageiro em casos de eventos como acidentes.

Poderiam ser denominados como “Seguranças do avião”, pois estão preparados para qualquer emergência. Muitas pessoas se encantam ao fato de que o profissional pode conhecer muitas cidades e países fora das quatro paredes de um escritório de uma profissão convencional, por isso, a profissão atrai tantos jovens.

Mas a rotina de trabalho exige muita responsabilidade, não podendo transparecer cansaço e ter sempre um sorriso estampado no rosto. A transmissão do sentimento de conforto, segurança e qualidade parte desse profissional, portanto, todo gesto é calculado.

Veja também:  Trabalho na Azul - Vagas Abertas para Comissário de Bordo

Para se tornar um profissional dessa área é preciso ter um autocontrole, boa aparência, boa saúde, capacidade de comunicação para a interação com os passageiros, capacidade de decisão, discrição, equilíbrio emocional para transparecer segurança, saber mediar conflitos, paciência e uma extrema simpatia. 

Para exercer a profissão é necessário ter mais de 18 anos, ensino médio completo e frequentar uma Unidade de instrução Profissional (entidade homologada pela Anac) para se conquistar uma licença de comissário de voo (CMS).




O candidato se submete a algumas provas da Anac. Se for aprovado, poderá ingressar em alguma empresa aérea e, a partir daí, receberá instruções teóricas e práticas a respeito do avião.

Veja também:  Trabalho na Azul - Vagas Abertas para Comissário de Bordo

A aviação civil hoje tem apresentado um grande crescimento devido aos custos cada vez mais baixos das passagens aéreas, por promoções e politicas governamentais. Isso é bastante favorável para o crescimento das oportunidades para os profissionais da área.

É importante que o comissário seja poliglota, para que tenha espaço garantido no mercado de trabalho. As línguas orientais favorecem os comissários, facilitando a promoção para os vôos internacionais.

Por Paulo Victor Bragança


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *