Entrevista de Emprego – Dicas para Recém-Formados

Categorias: Dicas - Entrevista - Entrevista de Emprego - Trabalhador - Trabalho

Muitos jovens assim que se formam temem a entrevista de emprego, que para muitos é a primeira, mas não há necessidade de encará-la como um bicho de sete cabeças. Muitos empresários procuram jovens com disposição e iniciativa.



Antes de qualquer coisa, pesquise sobre a empresa em que irá fazer a entrevista e levante o maior número de informações sobre ela, esses dados fazem a diferença, já que ir para uma entrevista sem saber o mínimo sobre ela não é uma boa ideia.

É sempre bom causar uma boa impressão, então, ir vestido adequadamente é ótimo.

Muitas vezes você está sendo analisado desde o momento em que chegou à recepção, portanto, toda a educação é fundamental até mesmo antes da entrevista.



Evite aquele "sorrisão amarelo", se mostre disposto e contente pela oportunidade.

Mostre seu interesse e suas qualidades. Para não errar, treine suas respostas em casa, pense bem antes de responder, pois uma pergunta respondida inadequadamente pode ser fatal neste momento. Pense em respostas para questionamentos como: "Fale sobre si", "Qual foi a decisão mais difícil que tomou até hoje?", "O que procura em um emprego?", entre outras perguntas.

Se você não tiver experiência alguma, mostre o que aprendeu na faculdade e fale sobre suas experiências dentro do curso. Evite mentiras, pois não poderá sustentá-las para sempre ou será pego na própria entrevista por outra pergunta.

Não exagere sobre suas qualidades, pode parecer que está forjando uma imagem sua. Diga o motivo de querer trabalhar naquela empresa e se mostre atento, não se disperse e tente evitar o nervosismo, pois isso pode lhe atrapalhar bastante.

Lembre-se, assim como você, o contratante também teve um primeiro emprego, então não haja como se estivesse diante a um juiz. Seja você mesmo, mas pense bem, é um momento de se manter atento e tranquilo.

Fique calmo e lembre-se, você se formou e agora precisa mostrar suas habilidades, expresse-as e converse normalmente.

Por Ingrid Oliveira



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *