Novas contratações apresentaram queda em maio de 2012

Anuncie sua vaga.

  

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), anunciou os resultados para o mês de maio.

Com 139.679 novas contratações, tal mês foi considerado o pior desde 2009, com uma significativa queda de 45%. O número também foi inferior ao mês de abril, quando foram assinadas 216.974 carteiras de trabalho.

Com 46.261 vagas (33% do total), o setor agropecuário liderou as contratações para o quinto mês do ano, seguido pelo setor de serviços, com 44.587 (32%), indústria (20.299 – 14,5%) e construção civil (14.886 – 10,7%).




A redução na oferta de vagas pode ser explicada por fatores como a crise europeia, a forte desvalorização do Real (que, apesar de beneficiar as importações, inibe os investimentos através da aquisição de produtos importados) e o momento de desaceleração da economia, apesar das tentativas do governo em aquecê-la através da redução da taxa Selic, por exemplo.

Veja também:  Vagas de Emprego Abertas na Intelbras

O enfraquecimento do número de postos de trabalho vem acontecendo desde 2010. No ano passado, foram gerados 1.944.560 postos de trabalho, frente aos 2,52 milhões do ano anterior. Vale ressaltar que os números apresentados apenas levam em conta os empregos formais.

Por Rodrigo Alves de Oliveira


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *