T-Mobile USA irá demitir 1.900 colaboradores



De acordo com a Reuters, a empresa T-Mobile USA, nos Estados Unidos da América, anunciou que cortará 1.900 pessoas da sua linha de trabalho (cerca de 5% do total de empregados) e que fechará sete dos seus call centers, tendo em vista uma grande redução de custos. Mas ainda há possibilidade de serem cortadas mais posições ainda neste ano.

A ideia da redução de custos acontece com um foco no investimento de US$ 4 bilhões em sua rede, para se reestruturar após uma tentativa de proposta de compra feita pela AT&T (por cerca de US$ 39 bilhões), no ano passado, que fracassou por motivos de oposição regulatória.



A T-Mobile USA é uma unidade da Deutsche Telekom, e pretende ser financeiramente independente da sua controladora, pois esta já anunciou que pretende sair do mercado norte-americano.

A empresa não deu mais detalhes, mas planeja reestruturar algumas outras partes do seu business até o final do segundo trimestre deste ano, afirmando que essa reestruturação não afetará os serviços representativos dos call centers restantes (um total de 17), empregados da linha de frente nas lojas e engenheiros técnicos.

Por Guilherme Marcon





Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *