Jovens empreendedores – Investimentos no Brasil




Os jovens preenchem cada vez mais as funções disponíveis em micros, pequenas, médias e grandes empresas de todo o país. A quantidade de empreendedores com pouca idade também tem crescido, situação que pode ser constatada com base no levantamento realizado pela Global Entrepreneurship Monitor (GEM), divulgado no Brasil, por sua vez, pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Um bom exemplo disso é a franquia brasileira da Salad Creations, que teve início nos Estados Unidos em 2004 e chegou ao Brasil três anos depois por meio das mentes criativas de quatro empresários com idades entre 26 e 29 anos.


Leia mais: Salad Creations visa aumentar a quantidade de unidades no Brasil

Embora com carreiras já encaminhadas, os recém-formados decidiram apostar no ramo de Alimentação, um dos que mais cresce e que apresenta grandes oportunidades em todo o mundo. Atualmente, a rede de franquias está em expansão e para 2011 os números devem ser ainda mais positivos.

Outro exemplo de sucesso é a Minds English School, rede de franquias de idiomas com foco nos jovens empreendedores. A franqueadora dá prioridade a pessoas com idade entre 18 e 24 que querem iniciar como franqueados. De acordo com Leiza Oliveira, sua fundadora, os mais novos possuem muita garra e habilidade para lidar com os negócios e com os alunos, contribuindo, inclusive, para os cursandos aprenderem uma segunda língua com mais determinação.


Situações como essas duas refletem o novo espírito do jovem que não quer apenas ser mais um no mercado de trabalho. Com novas ideias para um mundo cada vez mais competitivo, os empreendedores com pouca idade olham o passado com foco no futuro, sem receios de arriscar novas empreitadas.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Assessoria de Imprensa

Empregos relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *