Empresários pretendem aumentar a contratação de novos colaboradores em 2011





Os reflexos de crescimento da economia brasileira, no ano passado, continuam presentes em 2011. Mesmo após o Banco Central (BC) ter adotado diversas medidas, os consumidores e empresários se mostram otimistas, embora, no decorrer dos próximos meses, as iniciativas da entidade financeira devam apresentar, de fato, os resultados desejados.

Segundo a Pesquisa Serasa Experian de Expectativa Empresarial, para 72% dos 1.014 empresários brasileiros consultados o faturamento de suas empresas crescerá mais neste ano em relação a 2010, índice amplamente superior aos 18% entre aqueles que preveem manutenção de número e mais ainda em comparação aos 10% que projetam queda.


Separado por portes, o levantamento revela que para 79% dos empresários das médias companhias o faturamento crescerá, índice que decresce para 78% quando a consulta é delimitada a grandes empresas. Nas pequenas empresas, 70% de seus comandantes aguardam resultados mais positivos.

Veja também:  Vagas de Emprego Abertas no Grupo Roge - Julho 2018

Dado que devem interessar aos desempregados e trabalhadores que querem mudar de emprego: 35% dos empresários anseiam aumentar a contratação, enquanto 58% aspiram manter o atual quadro de funcionários. Apenas 7% tendem a diminuir seu pessoal em 2011.

Caso os números estimados componham a realidade, é possível que a previsão de 3 milhões de empregos formais a serem criados em 2011, segundo Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, seja concretizada.


Por Luiz Felipe T. Erdei



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *