Mudanças na vida profissional – Sebrae auxilia novos empreendedores

Anuncie sua vaga.

  

Gerir o negócio próprio não abrange estritamente possuir um capital inicial. Novidades, mesmo principiadas discretamente, podem dar muito certo. Existem milhares de histórias de pessoas que abandonaram uma carreira sólida para se dedicar exclusivamente às idealizações pessoais em função de algo profissional.

Tatiana Castaldello, por exemplo, atuou por mais de uma década numa rede de bancos. Atualmente, dedica-se à confecção de lembranças e doces. Como já mensurado, o fator novidade foi o estopim para o sucesso, além, é claro, da criatividade. Para melhorar o negócio, fez cursos de marketing e gestão no Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Para tornar o empreendimento ainda mais robusto, contou com o ingresso de um sócio especificamente para cuidar da área administrativa.

Outra situação similar é o de Adriana Morais. Após longos anos como arquiteta, eis que a maternidade ocupou a pauta de seus dias. Com maior tempo em casa, começou a produzir doces, que viraram, portanto, seu sustento. Nos dias atuais, distribui produtos para o Hotel Mercure e para a Danone. Em sua visão, o custo despendido foi baixo e houve, devido ao Sebrae, a necessária formalização.




Histórias como essas são comuns todos os dias. Às vezes basta apenas uma pequena iniciativa, uma vontade de crescimento profissional. Ferramentas existem e estão sempre à espera de novos candidatos.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: Sebrae


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *