Indústria Brasileira – Geração de Empregos em 2010




Os dados sobre a criação de emprego em todo o país têm correspondido aos diagnósticos mensurados por Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, e Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, embora o número de postos de trabalho criados no primeiro semestre tenha ficado pouco abaixo das expectativas. Ambos acreditam, porém, na geração de 2,5 milhões de vagas até o final deste ano.

Um segmento, em especial, merece atenção. Segundo Walter Sacca, diretor-adjunto do Departamento de Economia da Federação das Indústrias do Estadão de São Paulo (Fiesp), a indústria paulista deverá criar entre 110 mil e 120 mil empregos em 2010, correspondendo, portanto, a um número 4% maior em comparação ao ano passado.

Veja também:  Vagas de Emprego no Peixe Urbano - Julho de 2018

Em outubro, segundo o portal R7, foram criados 1,5 mil postos, algo que para Sacca deve ser observado simplesmente como uma reserva, pois a base comparativa de 2009 é fraca. Informações da Fiesp revelam que no mês passado 13 dos 22 setores examinados ilustraram dados positivos, o menor volume constatado desde dezembro do ano passado, quando somente quatro setores apresentaram boa atuação.

Aludindo a menção feita por Paulo Francini, diretor da entidade, Sacca acredita que a criação de novas companhias está em baixa em todo o Brasil, algo que sinaliza, portanto, processo de desindustrialização, situação tida pela Fiesp como diminuição da participação relativa do segmento de transformação no Produto Interno Bruto (PIB).

Veja também:  Vagas de Trabalho Abertas na Sompo Seguros - Julho 2018

Por Luiz Felipe T. Erdei


Empregos relacionados



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *