Criação de Empregos Formais – Rio de Janeiro – 2010





As notícias sobre a esfera empregatícia têm se configurado positivas em termos gerais, mesmo empresários alegando aos quatro ventos falta de mão de obra qualificada para determinadas funções. Luiz Inácio Lula da Silva, presidente do Brasil, comemora tanto a geração de empregos nos últimos anos quanto a escolha, por meio do voto popular, de Dilma Rousseff (PT) como sua sucessora.

Somente no Estado do Rio de Janeiro, segundo a Federação das Indústrias do Estado do RJ (Firjan), o número de postos formais criados entre janeiro e setembro deste ano quase triplicou em relação aos mesmos noves meses de 2009. Pelas contas foram mais de 149 mil vagas contra aproximadamente 55,3 mil do período anterior. Do montante conjeturado, 30.542 foram constatados na indústria.

Veja também:  Consultoras da Natura podem ganhar mais com novo projeto

De acordo com a Firjan, a geração de postos de trabalho no Rio de Janeiro acompanhou o patamar nacional. Para Guilherme Mercês, chefe da Divisão de Estudos Econômicos da federação, o final deste ano poderá comportar um menor ritmo nas contratações, algo típico da época. Mesmo assim, prevê que os índices atuais venham a ser os melhores da história, confirmando, portanto, a recuperação do nível de atividade após a crise financeira global.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Fonte: G1




1 comentário em “Criação de Empregos Formais – Rio de Janeiro – 2010

  • ola,deixo minha tristeza e dor no coraçao .sou graduada em serviço social..desde de 2007,estou terminando a pos graduaçao na area da familia..sonho em poder estar atuando na minha area.sou faxineira em casa de familia…mas acho que para ter experiencia e nessario ter oportunidade..fui bolsista do progama escola da familia no periodo de quatro ano,,aos finais de semanas,,so quero uma chance,,,,abrigado?

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *