Criação de Empregos Formais no Brasil – Boas Expectativas

Anuncie sua vaga.

  

O governo de Luiz Inácio Lula da Silva tem exaltado o número de empregos criados pelo Brasil neste ano, que somente em seu primeiro trimestre contabilizou a geração de quase 1,5 milhão de postos de trabalho com carteira assinada. Carlos Lupi, ministro do Trabalho e Emprego, talvez seja um dos mais otimistas políticos da atualidade (juntamente ao ex-sindicalista), fato constatado por meio de seus últimos discursos.

Mais uma vez com pensamentos altamente positivos, Lupi relacionou a geração de empregos. Segundo artigo enunciado pelo portal de Economia UOL, o ministro estimou nesta sexta-feira, 27 de agosto, que 2,5 milhões de vagas formais, isto é, com carteira de trabalho assinada, serão instituídas, principalmente por parte da construção civil, embora admita que o setor de serviços deverá ser aquele que melhor trará resultados quantitativos.

Veja também:  Empregos no Rio de Janeiro 2018 - Vagas na Agitto



Para Lupi, a taxa média no número de desempregados pelo Brasil, calculada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), alcançará índice recorde em 2010, inferior a 7%. Em julho, por exemplo, o percentual ficou em 6,9%, a segunda menor percentagem da série iniciada em 2002.

Por Luiz Felipe T. Erdei


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *