A profissão de Matemático Aplicado – excelentes salários

Categorias: Matemática - Matemática Aplicada

Na atualidade, com o avanço da Informática e Sistemas Computacionais, o Matemático teve o seu campo de atuação mais diversificado e ampliado. Matemáticos Aplicados estão presentes desde o setor produtivo de empresas privadas até a administração pública.



Podem desenvolver atividades individuais ou em equipe multidisciplinar, com ou sem supervisão. Utilizam-se da aplicação de métodos e técnicas matemáticas para desenvolver outras áreas do conhecimento. Atuam em diversas atividades econômicas como as instituições financeiras, a área dos seguros e previdência privada. Normalmente são funcionários contratados pela empresa e recebem excelentes salários.

Para ser um profissional dessa área é necessário possuir formação Superior em Matemática e especialização, pós-graduação, mestrado ou doutorado.

É preciso muito conhecimento para elaborar modelos matemáticos e lógicos, analisar situações e identificar problemas complexos, escolher métodos e técnicas adequados, desenvolver novos métodos, fazer modelagem em linguagem matemática, realizar simulações em software, de modo a fazer o refinamento dos modelos e mais uma série de atividades de suma importância. Pode, ainda, atuar como educador e dar aulas.



Por Lindomar Vieira



Post Anterior

Não há mais posts

Próximo Post

Não há mais posts

5 Comments





  1. eu faço matematica aplicada na federal de Manaus. é um otimo curso…..

  2. Eu terminei doutorado em matematica aplicada na unicamp…grande furada de curso, não recomendo. Você é “obrigado” a ser docente de alguma instituição, porque encontrar trabalho em empresas é bem dificil. Além do mais, para encontrar uma vaga nas federais ou estaduais como docente é necessário ter um grupo de amigos, uma famosa “panela”, caso contrário você será barrado em alguns concursos. Já nas particulares, a “panela” também existe, mas pagam muito mal…o que torna humilhante o fato de você ter um doutorado e ganhar menos que um engenheiro trainee. Definitivamente, não recomendo essa investida!

    Boa sorte aos que tentarem!

  3. Concordo com MIQ,

    Tenho também dúvidas também se realmente vale o esforço e o investimento considerando as opçoes de carreira.
    É um curso muito difícil e TEORICO. A palavra APLICADA, aparece pq estudamos a parte da matematica relacionada à alguma engenharia, finanças, biologia e etc. Pois existem assuntos da matemática que não tem relações diretas ou práticas com nenhuma aplicação real, chamada de matematica PURA.

    A palavra APLICADA não quer dizer que voce terá muitas atividades de laboratório isso quando tiver alguma. Voce pode buscar isso como optativas em outros cursos, mas conte com o problema de encaixar as grades se você não tiver disponibilidade integral para estudar. Você a principio não terá nem 15% da formação técnica de um engenheiro ou administrador. As matérias são teóricas quase sempre sem conexao com problemas apresentados em situações reais. Na prática a teoria necessita de ajustes, muitos ajustes(técnicos)… O pulo do gato é voce ter a habilidade de ser financista, administrador, engenheiro, quimico, fisiologista, e etc quando necessário para saber usar a matematica no contexto requerido. Pensemos que pode ser necessário quase que uma formação dobrada, para ser reconhecido como uma só.

    Me graduei na usp sp em bach matematica aplicada. Estou pensando e fazer mestrado e ja cursei algumas matérias de pós, não estou falando sem saber como é. Tenhos muitos amigos que estão finalizando e que finalizaram o doutorado. Fiz 2 anos de engenharia também e me arrendendo de ter desisitido pelo o que escrevo abaixo.

    O nosso curso não nos dá conhecimentos técnicos nem habilitações regulamentadas por entidades de classe. São muitas vezes processos pontuais em que nos adequamos para desevolvimento ou ajuste de ferramentas. AQUI NO BRASIL NÃO É ESSA MARAVILHA QUE ANUNCIAM. A chance de voce ficar na sombra de um engenheiro, economista ou administrador ou virar um é grande. Não há tanta oportunidade de trabalho realmente de matemático: você pontualmente desenvolverá alguma coisa, salvo raras exceções se conseguir algo em alguma área de pesquisa de alguma empresa especializada ou consultoria. Lembrando que muitas empresas que existem aqui são estrangeiras com centro de pesquisa nos seus paises de origem. No Brasil estamos muito atrasados nisso…

    Durante o curso sempre tive dificuldade em me adequar em alguma área que não fosse finanças, onde mais 70% dos meus colegas trabalham, ou desenvolvimento de software. Na área de engenharias, logistica, ou outra mais especifica de outro curso de exatas, é raro aparecer alguma oportunidade, e quando vejo querem alguem de matematica especialista, ou experiente, ou com doutorado, oferecendo um salario de Engenheiro em começo de carreira (nao estou desmerecendo a profissao de engenheiro ele realmente vale o que ganha). É de doer e desmotivar.

    Empresas que tem areas de estatistica oferem alguma oportunidade, mas a formação de matematica é um tanto diferente da do estatistico, apesar das bases serem as mesmas.

    Acho que se alguém realmente SÓ gosta de matemática e não suporta muito levar um curso de outra área, é uma opção. Ou se sonha em ser professor universitário, mas conte com o que MIQ disse. Mas se tiver condição de fazer algum curso superior mais técnico e se especializar em matemática depois, ou se tiver em mente em levar a especialização concomitante a sua graduação em matematica acho que seja um pouco melhor.

    Matematica “sozinha” no mercado de trabalho não vale de nada… é um caminho bem tortuoso

    Antes de me apedrejarem, quero dizer que independentemente do seu gosto pela sua profissão, voce quer ser remunerado na medida do seu esforço na formação e investimento feito. Para chegar a um doutorado em matematica leva-se no mínimo(exceções) 8 anos após o ingresso na faculdade estudando muito, muito, muito praticamente em período integral. Existem boas oportunidades, mas acho arriscado. Resumindo, acho que não vale a pena.

  4. Em toda minha vida, nunca vi um anuncio de emprego cuja formação necessária fosse matematica, com excessão dos cargos docentes, perfeitamente descrito por MIQ.





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *