Fusões entre bancos provocam demissão de mais de 15 mil bancários

Categorias: Bancos - Demissão

O Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) desenvolveu um estudo em relação aos índices de demissões e admissões nos bancos privados e públicos que operam no país. A pesquisa, solicitada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT), indicou uma baixa significativa em relação aos números apontados no mesmo período do ano passado.



Apesar da contratação de mais de 13 mil bancários, mais de 15 mil foram demitidos, revelando um corte de 2.224 empregos. O principal motivo desse quadro é o processo de fusão realizado por instituições como Unibanco Itaú, Real Santander e outros.



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *