Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC): como trabalhar num setor como esses sem enlouquecer





Desde o surgimento do Código de Defesa do Consumidor, no ano de 1990, os clientes que procuram os produtos e serviços de uma empresa tem uma série de direitos garantidos. Visando a atender essa exigência da lei, muitas organizações estruturaram SACs para melhor administrar as demandas relativas a seus consumidores.

O advento dos SACs gerou uma grande necessidade de mão de obra. Por mais completo que seja o treinamento recebido por esses colaboradores, a função é considerada extremamente estressante. São no mínimo seis horas por dia ouvindo e tentando resolver reclamações de clientes com um grau de irritação e insatisfação acima da média. Diante disso, o funcionário precisa ter mente que o alvo da raiva é a companhia, e não ele mesmo.


É fundamental manter a calma e tentar transmitir serenidade no trato com os consumidores.

Se você é atendente de SAC, conscientize-se de que seu trabalho é muito importante e de que não vale a pena levar nada para o lado pessoal, sob pena de estar colocando em risco seu equilíbrio emocional e até mesmo sua saúde física.




5 comentários em “Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC): como trabalhar num setor como esses sem enlouquecer

  • Realmente. Mesmo assim, é difícil controlar-se quando o cliente fala altos palavrões (mesmo tendo razão), exigindo uma resolução imediata para determinadas circunstâncias. Trabalho em um SAC e por muitas vezes fui ofendido como pessoa física, e não jurídica. E não me considero um mal atendente.
    Obrigado. Ótimo assunto.

  • · Editar

    depende tem muita gente que faz um bom trabalho, e se saí bem depende muito da educação e paciencia e força de vontade e ter muita segurança tem muita gente que se dar bem .

  • · Editar

    Acredito que a pessoa que trabalha nessa aréa tem que ter bom senso, firmeza e conhecimneto para passar segurança no que fala, e um poder de persuasão sem limites,enfim não é fácil trabalahr com pessoas que estão insatisfeitas, mas pra quem quer estar nesse setor é prreciso e necessário gostar do que faz, para não prejudicar a empresa onde esta.
    Paciência pessoal.

  • e ai pessoal!e preciso de algumas expreriencias voças,vou comesar a tralhar com o sac e extou com aquele frio na barriga.rsrsrsrs

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *