A difícil arte de trabalhar com o público: foco na satisfação do cliente




O atendimento ao público, seja ele presencial ou a distância, é uma das atividades mais difíceis que existem no mercado. A exigência das pessoas é tão variada quanto os tipos de personalidades que se pode encontrar, e esse tipo de atividade acaba se transformando numa verdadeira “arte”.

O mais importante no atendimento ao público é saber que as pessoas com quem se tem contato, são limitadas como você. Elas tem problemas, angústias, ansiedades e principalmente uma necessidade a ser satisfeita.


O grau de satisfação dessa necessidade é o que determina se a pessoa irá avaliar o atendimento como bom ou ruim. Certas pessoas, com grau de exigência acima da média, são aquelas que podem tirar você do sério. Nesses casos, o domínio próprio é fundamental. É preciso ter a percepção de não se levar nada para o lado pessoal e ter mente de que a pessoa irritada tem o seu alvo no produto ou serviço e não em você.

Não se contamine com o estresse dos clientes. Atenda-os da melhor maneira possível e caso, a pessoa atendida ainda estiver insatisfeita, pelo menos você terá a consciência limpa por ter dado o seu melhor.


Empregos relacionados



1 comentário em “A difícil arte de trabalhar com o público: foco na satisfação do cliente

  • · Editar

    "É preciso ter a percepção de não se levar nada para o lado pessoal e ter mente de que a pessoa irritada tem o seu alvo no produto ou serviço e não em você."

    Não. Infelizmente não é assim. Uma boa parte do público confunde tudo e por exemplo, atribui a você uma falha cometida por uma esfera muito acima de você. Além disso, muitos não ficam somente na reclamação, mas partem para agressões verbais e físicas, mesmo quando o atendente se mantém calmo e tentando acalmar o público.
    É extremamente necessário algum tipo de campanha de conscientização nacional para mostrar que somos servidores, não servos.

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *