Regras de etiqueta para se usar o patrimônio e os bens da empresa em que você trabalha

Anuncie sua vaga.

  

É sempre a mesma coisa: seu colega chega e se pendura no telefone a manhã toda. Você percebe que não são assuntos de trabalho e sim pessoais ou até mesmo meras futilidades. Ele é um exemplo a seguir? Obviamente que não.

O patrimônio e os bens da empresa pertencem a ela e a mais ninguém. Cada empresa tem regras internas para o uso do seu patrimônio e dos equipamentos pelos colaboradores.




Evite usar o telefone para assuntos pessoais, fazer “freelances” no horário de expediente ou se aproveitar de coisas dentro da empresa para resolver seus problemas.

Quem age assim é mal visto e pode vir a ter aborrecimentos no futuro. Tenha bom senso! A empresa não foi feita para você usufruir dela sem controle, e sim para que você e ela possam ganhar juntos.


 

Cadastre gratuitamente o seu currículo em nosso site. Clique aqui






Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *