Desemprego cresce na região do Grande ABC, mas não assusta



Segundo a Fundação Seade e o Dieese, o desemprego na região do Grande ABC aumentou em Maio 0,4%, passando para a casa de 12,2%. Já na grande São Paulo, a taxa de desemprego é a menor desde 1996 (14,1%).

Contudo, esse aumento de desemprego não é assustador, haja vista que não foi motivado pela demissão, e sim pelo maior número de pessoas que entraram no mercado de trabalho comparando com o número de empregos criados.



A média de salários aumentou 0,5%, passando de R$1207 para R$1286.





1 comentário em “Desemprego cresce na região do Grande ABC, mas não assusta

Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *