Jovens estão mais seletivos e críticos no momento de escolher as empresas onde desejam trabalhar. Empresas que apresentam a possibilidade de um desenvolvimento acelerado são as mais interessantes aos jovens profissionais.

Cada vez mais os jovens estão seletivos quanto às empresas em que querem trabalhar e essa estratégia vem dando certo para que sejam aprovados nos processos seletivos das empresas em que desejam trabalhar. Os jovens têm diminuído as inscrições em processos seletivos, para focar melhor naquelas que realmente desejam, e assim, sem a chance de ser generalizado durante as etapas do processo seletivo, aumentam suas chances de contratação. Se antes os jovens se inscreviam em 10 ou 15 processos seletivos atualmente focam em dois ou três específicos.

Os jovens também estão mais críticos: dentre as principais reclamações dos candidatos em processos seletivos, está a falta de feedback das empresas. Eles desejam mais informações sobre si mesmos, sobre a empresa em que desejam trabalhar e como é o cotidiano de trabalho nesta empresa. Com tanta demanda por informação, as empresas estão investindo cada vez mais em comunicação para mostrar a esses jovens de forma mais transparente o ambiente interno da empresa.

Algumas empresas estimulam os jovens que já são seus funcionários a postarem fotos em redes sociais sobre seu cotidiano de trabalho. Dessa forma, deixam bem claro para os possíveis candidatos, como é o ambiente de trabalho. Ao invés de só utilizar propagandas publicitárias, as empresas têm investido em mostrar a realidade de trabalho, para atrair cada vez mais candidatos certos.

Outra característica muito valorizada pelos jovens são os programas criativos, que deixem claro que a empresa tem um caráter inovador. O jovem de hoje em dia quer um ambiente de trabalho que valorize suas ideias e seu potencial criativo.

Mas definitivamente, o que atrai os candidatos mais jovens é a possibilidade de um desenvolvimento acelerado.  Numa pesquisa realizada pela empresa Seja Trainee, 68% dos jovens indicaram essa opção como a mais valorizada quando pensam em se inscrever para um processo seletivo em uma empresa. Em seguida aparece a possibilidade de passar em diferentes áreas da empresa, que alcançou 41% das respostas dos jovens. A remuneração aparece no oitavo lugar, dentre as respostas, com 17%. O que mostra que o jovem atual busca muito mais que dinheiro, mas uma realização, reconhecimento e crescimento no ambiente de trabalho.

Fazer história também pode ser citado como um interesse dos jovens. Boa parte deles pretende, a médio prazo, chegar a um cargo de liderança para que sua marca pessoal esteja aliada à história da empresa.

Por Patrícia Generoso

Para ter uma carreira bem sucedida é preciso investir na inteligência emocional.

Investir na sua inteligência emocional não é nada fácil, mas é possível e necessário. Pode ser um ponto bastante importante para construir uma carreira bem sucedida. Suas emoções podem ajudar você no trabalho, mas também podem atrapalhar. Então foque naquilo que pode te ajudar a subir na carreira e não o contrário. Controle suas emoção e suba mais degraus de reconhecimento.

Controlar as emoções é pensar antes de agir, antes de falar. Elaborar estratégias antes de impulsos. Ponderar os pós e os contras de determinadas atitudes antes de executá-las. É estar preparado para quando as coisas não saem exatamente conforme planejamos, e ter discernimento para pensar rápido, sem perder o foco da situação.

As emoções são nossos guias, até mesmo quando priorizamos o uso da razão, nesse momento temos a frieza de deixar as emoções de lado. Frieza? Isso não seria um tipo de emoção?

Desenvolver sua inteligência emocional facilita também o entendimento das emoções alheias, dos seus colegas de trabalho.

Não Sabe como fazer isso, vejamos alguns pontos importantes para serem pensados:

– Atente-se para suas reações, raiva, impulso, choro, frieza, entre tantos outros.

– Desenvolva algum método para acalmar-se a si mesmo, evitando conflitos ou apaziguando-os.

– Ensaiar situações mentalmente pode ajudar, em apresentação em público, por exemplo. Ensaiar na frente do espelho, por exemplo, ajuda, não é lenda.

– Fale de forma clara, pausadamente, em um tom agradável para seus ouvintes, sejam eles um único colega de trabalho ou uma plateia inteira. Curso de como falar em público, ou teatro ajudam no desenvolvimento desse tipo de comportamento.

Se você é um líder, é mais importante ainda controlar suas emoções. Passar confiança e conhecimento para seus subordinados lhe dão respeito, credibilidade e, consequentemente, autoconfiança, motivação.

Por fim, educação, ser educado, independente do nível hierárquico que você ocupa, é fundamental em todas as áreas da vida, não somente na carreira. Assim, você pode crescer profissionalmente e pessoalmente.

Por Vivian Schetini

Oportunidades disponíveis na empresa são para os cargos de Supervisor de Telemarketing, Programador de Sistemas e Consultor SAP.

A empresa Resource teve o seu surgimento em 1991 com o objetivo de oferecer serviços de consultoria em informática. Atualmente está sendo realizada uma seleção na companhia tendo o intuito de preencher diversos postos que estão em déficit.

Na carreira de Supervisor de Telemarketing, os contratados terão a responsabilidade de liderar as equipes de vendas, verificar os resultados obtidos, criar novas estratégias de vendas dos serviços da companhia, fazer relatórios referentes ao número de vendas e preencher planilhas. As exigências deste cargo consistem em ter habilidade em liderança, relacionamento interpessoal, nível superior de escolaridade em Administração e boa comunicação. Os vencimentos irão oscilar entre R$ 1.612,00 até R$ 1.800,00. Também serão oferecidos alguns complementos para os selecionados, sendo eles: auxílio creche, vale-transporte, plano de saúde, comissões, seguro de vida, vale-refeição, assistência odontológica e participação nos lucros e resultados.

No posto de Programador de Sistemas, os profissionais serão responsáveis em criar novas técnicas de navegação, montar a estrutura para o banco de dados, desenvolver novas aplicações e codificar os programas da companhia. As pessoas que desejarem se inscrever nesta função precisam ter nível superior de escolaridade na área de Informática, visão crítica, proativiadde e experiência profissional. O salário será de R$ 1.800,00, mais os benefícios de comissões, vale-refeição, participação nos lucros e resultados, auxílio creche, assistência odontológica, vale-transporte, seguro de vida e plano de saúde.

Na profissão de Consultor SAP, o trabalho será de realizar consultorias, auxiliar os clientes na utilização de SAP e módulo FI, atender os usuários por telefone, verificar as anormalidades no sistema e oferecer as informações necessárias para os clientes. Neste cargo é necessário que os candidatos tenham nível superior de escolaridade na área de TI e experiência na área de consultoria. As gratificações oferecidas serão de assistência odontológica, comissões, plano de saúde, salário fixo, participação nos lucros e resultados, seguro de vida, auxílio creche, vale-refeição e vale-transporte.

Os interessados nesta seleção precisam mandar o currículo com foto para o e-mail recrutamento@resourse.com.br.

Por Felipe Couto de Oliveira

Empresa tem vagas de trabalho nos cargos de Analista Banco de Dados, Secretária e Assistente de Suporte.

A companhia ManpowerGroup foi fundada em 1948 pelos advogados Aaron Scheinfeld e Elmer Winter, com o objetivo de oferecer serviços na área de recursos humanos. Devido à falta de profissionais em alguns departamentos, a empresa abriu um processo seletivo para fazer novas contratações.

No posto de Analista Banco de Dados é exigido que os interessados tenham experiência na função, noções amplas em banco de dados, habilidade para utilizar processos de ETL, nível técnico de escolaridade, formação em nível médio na língua inglesa e conhecimento em OLAP. O trabalho consistirá em solucionar problemas técnicos que surgirem na empresa, fazer atendimentos aos clientes, melhorar os processos do sistema, fazer planejamentos de novas técnicas de aplicações, verificar os riscos nas estratégias, fazer o controle de acessos remotos e realizar reuniões em nível técnico.

Na carreira de Secretária existem os seguintes requisitos: noções avançadas no pacote Office, Word, Outlook e Excel, conhecimento na língua inglesa em nível intermediário, facilidade de comunicação e experiência na área de atendimentos. As contratadas terão a responsabilidade de atender o telefone, levar as correspondências até o correio, recepcionar os clientes na companhia, ajudar o setor financeiro, organizar e comprar produtos para escritório e auxiliar nos serviços administrativos. A remuneração será no valor de R$ 800,00.

Na profissão de Assistente de Suporte é necessário que os candidatos apresentem experiência anterior na função, conhecimento em informática, proatividade, fluência verbal e certificado do 2º grau de escolaridade. A atividade profissional será de digitar propostas, auxiliar o setor administrativo, fazer o controle de vencimentos das contas da empresa, verificar a quantidade de materiais no estoque, fazer pagamentos nas agências bancárias, verificar as pendências de pagamentos dos clientes no sistema, registrar no sistema a falta de mercadorias, fazer pedidos de reposição, realizar atendimentos por telefone e demais atividades da função.

Para se inscrever na seleção, acesse o portal da ManpowerGroup www.manpowergroup.com.br/contato.

Por Felipe Couto de Oliveira

Algumas profissões podem conciliar salários altos e nível de estresse baixo. Geógrafo, Economista e Cientista de Materiais são algumas delas.

Você está muito estressado com o seu trabalho? Já pensou se pudesse trabalhar, se divertir e ainda ganhar bem? Sabia que existem profissões que aliam bons salários com nível de estresse baixo? Atualmente, é comum notar no mundo corporativo profissionais que ganham bem. Mas, para isso, precisam se dedicar quase que integralmente à empresa, e quase não sobra tempo para a família e amigos. Veja algumas profissões que além de ter um nível de estresse menor, pagam (muito) bem.

– Cientista de Materiais:

O salário anual da área é de US$ 94.350. O profissional é responsável por realizar a pesquisa e estudo sobre substâncias que atuam nos níveis atômico e molecular. Uma das principais atuações dos cientistas materiais é no desenvolvimento e inovação de produtos na área de pesquisa.

– Geógrafo:

Você gosta de estudar a natureza e a formação das pedras, por exemplo? O salário médio dessa área anual é em torno de US$ 75.610. Os Geógrafos atuam realizando estudo sobre uma superfície de uma região e conduzem pesquisas na natureza, entre outras.

– Físico:

Você é curioso? Adora estudar cálculo e tentar entender sobre as coisas que acontece ao seu redor? O salário médio da área anual é de US$ 117.300 e o profissional vai atuar por meio de pesquisas, desenvolver métodos para aplicar as teorias das leis, entre outras.

– Economista:

Você gosta de estar atualizado sobre e fazer análises de custos, por exemplo? O salário médio de um economista atual é de US$ 105.290. O profissional vai realizar o estudo de vários temas como, por exemplo, a distribuição de fontes, serviços, entre outros.

– Gerente de Sistema de Informações:

Gosta da área de tecnologia e informação? Adora desenvolver e programar? O salário médio anual de um gerente de TI é de US$ 136.280. O profissional é responsável por implementar sistemas  de computação, auxilia na determinação de metas de informação tecnológica para a empresa, entre outras atribuições.

Gostou das dicas? Deixe a sua opinião!

Por Babi

Pesquisa revelou que brasileiros desejam mudar de área profissional em um futuro próximo. 38,2% dos participantes já possuem planos e 20,4% desejam mudar de área, mas ainda não possuem planos.

Um estudo intitulado de “Você é inquieto?”, que foi realizado pelo site Inquietaria, revelou que 83,9% dos brasileiros desejam mudar de área profissional em um futuro próximo. Os principais motivos para tal objetivo é justamente dar um novo rumo para a sua carreira profissional, enfrentar novos desafios e também conseguir uma renda maior.

A pesquisa aqui destacada foi realizada entre os dias 4 e 14 de maio. Ao todo foram entrevistadas 186 pessoas. Além disso, a pesquisa também destacou que 79,6% dos entrevistados estão empregados e 87,1% pensam em projetos paralelos a todo instante.

A pesquisa em si questionava se os entrevistados tinham algum plano ou projetos para serem realizados fora de seu atual mercado de trabalho. Com isso, 38,2% dos participantes responderam que já possuem planos e 20,4% afirmaram que desejam, no entanto, ainda não possuem planos para tal. Outro detalhe bastante interessante é que 15,6% desejam ou gostariam de trabalhar em algo novo, entretanto, não possuem tempo disponível para isso. Já outros 16,1% informaram que não dispõem de recursos suficientes para porem seus planos em ação. E apenas 5,9% dos entrevistados disseram estar feliz com seu atual trabalho.

Já quando o assunto é o compartilhamento de ideias e sonhos, 58,1% dos entrevistados afirmaram que compartilham os seus sonhos e planos para o futuro. Entre esse grupo, 58,7% compartilham seus projetos e sonhos com a família e amigos próximos e 53,2% publicam nas redes sociais. Ambientes como colégio, faculdade ou ambiente de trabalho foram os menos escolhidos como possíveis lugares para compartilhamento de ideias, sonhos e projetos.

Quando questionados sobre as bases para suas ideias e desejos para o futuro, 94,6% dos entrevistados afirmaram que buscam informações e fazem pesquisas para fomentar seu embasamento. A grande maioria busca respostas através do meio digital: 91,4%. Além disso, muitos deles também dão valor a conselhos vindos de amigos e familiares, 57,7%.

Meios como, por exemplo, revistas, livros de empreendedorismo, jornais e a televisão são os menos buscados quando o assunto são informações para seus projetos, embasamento para ideias e etc.

Por Bruno Henrique

Ter objetivos e saber o que realmente quer é fundamental para ter o tão esperado sucesso profissional.

O que é sucesso para você? Ele pode ser interpretado de formas diferentes para várias pessoas, mas o conceito para atingi-lo quase sempre é igual. Há pessoas que priorizam o sucesso na sua vida profissional, por exemplo. Cada um tem o seu próprio objetivo e saber o que quer é fundamental para alcançá-lo.

– Autocontrole: ele é imprescindível.

É preciso que a pessoa tenha autocontrole, ou seja, procure se conhecer (bem) no dia a dia, para criar resistência, principalmente, em situações que envolvam estresse. Assim que definir as metas no seu trabalho, é fundamental colocar o plano em execução, e para concretizar o objetivo é fundamental ter domínio próprio de si mesmo, assim, você vai conseguir ter disciplina, por exemplo.

– Quais são as suas metas? Aonde quer chegar?

Você precisa definir o que deseja para si e ter metas claras e objetivas, para realizar o seu objetivo. Para conquistar o sucesso é preciso defini-lo. Procure fazer metas de curto, médio e longo prazo. Desta forma, você vai ter a sensação de propósito e de luta na sua vida. Entretanto, é fundamental que as metas traçadas sejam reais.

– Que tal sair da zona de conforto?

Você quer realmente atingir o sucesso em sua vida? Então, é preciso sair da zona de conforto e encarar o novo. As mudanças são necessárias e assumir riscos é fundamental para quem deseja atingir o sucesso. Por isso, não tenha medo de tentar e crie a coragem necessária para lutar pelos seus sonhos. Esta é uma escolha que depende apenas de você. Que tal sair da sua zona de conforto?

– Como está a sua autoconfiança?

Para atingir o sucesso, sair da sua zona de conforto e encarar as mudanças é preciso confiar em si mesmo e na sua capacidade de lutar pelos seus objetivos. Portanto, a autoconfiança é fundamental. Comprometa-se com os seus objetivos, tenha consciência de quem você é e convicção do que deseja para a sua vida.

Boa sorte e sucesso!

Por Babi

É necessário se divertir e saber se desligar das obrigações profissionais para manter uma boa qualidade de vida e ter, até mesmo, resultados positivos na sua carreira.

Com um expediente de trabalho que dura em média 8 horas e com muitas atividades para realizar, fica um pouco difícil pensar em se divertir e se desligar das obrigações profissionais, mas se esforçar para que isso aconteça é mais do que fundamental para manter a qualidade de vida.

Mas, como saber se estou trabalhando mais do necessário? A resposta é simples. Observe o que as pessoas têm falado sobre sua rotina. Se estiver recebendo muitas reclamações por falta de tempo é hora de refletir.

Aqui vamos listar como é possível separar a vida pessoal da vida profissional, sendo preciso apenas separar poucas horas na semana.

Primeiro, conheça seus limites e não trabalhe de forma exagerada. Não se desgaste por causa de poder, status e reconhecimento. Ser efetivado é sim uma busca de todo funcionário, mas isso deve ser feito com cautela, para assim evitar problemas de saúde ou emocionais.

Muitos trabalham de forma exaustiva e a promoção não é certa. Isso acaba gerando frustração, insatisfação com a empresa e consigo mesmo.

O ideal é tentar trabalhar rapidamente, para evitar a realização de hora extra todos os dias. O resultado será horas livres para sair, ver um filme, praticar um esporte, sair com a esposa e filhos ou fazer algum tipo de hobby que te deixa mais feliz.

Conclusão:

Muitas pessoas que conseguem se desligar do trabalho para ter um momento de lazer e para se divertir com a família ou amigos mencionam ter mais disposição para o trabalho.

Funcionários que não pensam na qualidade de vida, normalmente, são demitidos em um curto período de tempo, basta não render como antes, estar mais estressado, ou apresentar outras características do gênero.

Pense nisso e comece, a partir de então, ter mais tempo de lazer. Isso vai te deixar mais feliz e mais motivado para todos os tipos de tarefas que aparecer, sejam elas realizadas em casa ou na empresa.  

Por Yasmin Fernandes Robles