37,6% das pessoas relacionam a atividade profissional com algo feito com prazer. Motivação financeira conta para 16,1% das pessoas.

A 99jobs.com, empresa de recolocação profissional voltada para jovens na faixa etária dos 18 aos 24 anos, realizou uma pesquisa que revelou um perfil interessante sobre os brasileiros que estão em período de construção da identidade de uma atividade profissional.

Segundo essa pesquisa, realizada junto a Oficina da Estratégia, pouco menos da metade dos brasileiros enxergam o trabalho como uma atividade que tem relação com o prazer. A pesquisa revelou que 37,6% das pessoas no Brasil relacionam a atividade profissional como algo que deve ser feito com o que se gosta.

Outro dado revelado pela pesquisa é que 38,5% das pessoas que participaram também fazem uma ligação entre empregabilidade e um bom plano de carreira. A relação de troca, onde a pessoa faz um trabalho visando mais o dinheiro, a questão financeira é motivação para 16,1% das pessoas.

Ainda foi divulgado que 4,1% das pessoas trabalham exclusivamente para satisfazerem seus desejos e necessidades de consumo, enquanto outros 3,5% dos brasileiros relacionam o trabalho ao dever e a seguir normas estabelecidas.

O representante da 99jobs.com no Brasil, Alexandre Pellaes, afirma que esses dados revelam um novo perfil de trabalhador brasileiro, que vê um mercado econômico e profissional passando por uma grande transformação que pode impactar nos meios de relacionamento na sociedade.

Uma outra informação interessante é que a pesquisa revelou o que essas pessoas entrevistadas fariam se ganhassem algum prêmio na loteria. E somente 5% disseram que não iriam mais trabalhar, enquanto 89% afirmaram que continuariam com um trabalho de qualquer maneira. Os outros 6% responderam que permaneceriam no emprego que estão no momento.

E você, já parou para pensar o que te motiva a trabalhar? Você trabalha porque e no que gosta, ou é somente para pagar contas, tornando-se cada vez mais difícil de levantar todos os dias e ir encarar a labuta? Reflita e mude seus conceitos, trabalhe com prazer!

Por Felipe Villares