Vários motivos influenciam na escolha do profissional de pedir demissão de um emprego.

Podemos elencar vários motivos que levam os profissionais a pedirem demissão. Alguns profissionais quando chegam a uma empresa são designados para uma função específica, com o tempo o patrão que refazer algumas adaptações mudando este profissional de setor. Pode ocorrer, por parte deste profissional, uma não adaptação deste ao novo cargo que lhe foi dado. O mesmo ocorre no caso de acúmulo de funções, quando a empresa passa a exigir que este profissional realize funções totalmente contrárias para aquelas nas quais ele foi contratado.

Em outros casos o próprio profissional almeja crescer e não tem condições favoráveis dentro da empresa na qual se encontra. Também existem motivos de desentendimentos pessoais e profissionais entre os funcionários da empresa ou com relação aos patrões. Há profissionais que também já não têm mais como meta aquilo que estão realizando e desejam mudar para outros cargos ou profissões.

O que há em maior quantidade são os profissionais que procuram aumento de salários e quando não encontram decidem sair para que tenham maiores chances  em outro local.

Outro motivo são pessoas que decidem começar a trabalhar por conta própria, ou seja, ter seu próprio negócio, porque percebem que o que fazem para os outros pode passar a fazer para si mesmo. 

São os mais variados motivos que podem levar um profissional a pedir demissão, contudo alguns podem ser citados, pois ocorrem com maior frequência.

O profissional tem todo direito de optar por condições de trabalho que acha que serão melhores. É importante ter este foco para não se tornar frustrado naquilo que faz. Há momentos que são mais propícios para mudança, porém há outros em que elas são necessárias serem realizadas para não atrapalharem o futuro profissional. Para que haja o crescimento na carreira e maiores perspectivas de futuro é preciso fazer mudanças para que o mesmo seja alcançado.

Por Regiane Daniele de Jesus