O Grupo Akki Atacadista, rede varejista de grande porte no ramo de alimentos, está com um processo seletivo em aberto visando a contratação efetiva de diversos cargos para atuar em unidades localizadas na cidade de São Paulo.

Seguem todos os cargos disponíveis e seus respectivos pré-requisitos: Operador de televendas (2 vagas): atuar em serviços ativos e receptivos, atendimento ao cliente, entre outros serviços pertinentes. É necessário possuir o ensino médio, 18 anos de idade e disponibilidade de contratação imediata. Cartazista (2 vagas): atuar com serviços de divulgação da empresa, fazer cartazes de anúncios, entre outros serviços relacionados. é preciso possuir ensino médio completo, idade mínima acima de 18 anos e disponibilidade total de horários. Operador de caixa (3 vagas): atuar com abertura e fechamento de caixa, serviços de recebimento e cadastramento, entre outros. Os candidatos precisam ter o ensino médio completo, idade a partir de 18 anos e conhecimentos na função. Líder de Mercearia (1 vaga): é preciso possuir 18 anos ou mais, perfil de liderança, automotivação e disponibilidade total de horários para trabalhar aos finais de semana. Fiscal de prevenção de perdas (2 vagas): atuar com serviços de prevenção de roubos e furtos, entre outros no mesmo setor. É necessário ter o ensino médio completo e 18 anos ou mais de idade. Frente de caixa (2 vagas): atuar com trabalho em equipe de operadores de caixa, relatórios diários, entre outros serviços. É preciso ter 18 anos ou mais, ensino médio completo e conhecimentos nas funções. Repositor: ter o ensino médio completo, idade mínima acima de 18 anos e disponibilidade total de horários.

Para todos os cargos será exigido experiência anterior comprovada em carteira e comprovante de escolaridade. Os salários iniciais a serem oferecido variam conforme o cargo e sua área de atuação. A empresa oferece também alguns benefícios.

Os interessados em concorrer á qualquer uma das oportunidades disponíveis poderão se inscrever no site: http://www.akkiatacadista.com.br/.

Por Daniela Almeida da Silva