Ser prestativo e procurar ajudar quando puder são dicas para manter uma boa relação com sua networking.

Quando vamos criar ou ampliar nossa networking sabemos que entre outras coisas, teremos que ter um sorriso no rosto, ser simpáticos e até elogiar se for preciso, para conseguirmos nos aproximar de colegas de trabalho, superiores, fornecedores e outros profissionais de um modo geral.

Querendo ou não, a construção de nossa networking é feita com segundas intenções, afinal, é para isso que funciona uma networking, para nos socorrer quando precisarmos.

Acontece que este conceito não é 100% correto, porque de fato, a networking é uma ótima forma de obtermos ajuda quando precisamos, mas também é um excelente meio de ajudarmos, por isso, a principal dica para se fazer uma networking sem culpa é procurar ajudar, sempre que possível, a sua rede de contatos.
E mesmo que, no momento, ninguém esteja precisando de uma ajuda específica, você deve manter sua networking viva, com informações constantes. Isso não significa que você tenha que enviar dicas e sugestões o tempo todo, isso não é o certo e pode até incomodar seus contatos, mas se você ficou sabendo de um bom emprego que possa interessar alguém de sua rede de contatos, divulgue esta oportunidade em sua networking informando tudo a respeito do cargo.

Desta forma, você será visto por todos como um profissional prestativo, atencioso, que está sempre buscando ajudar e compartilhar informações, assim, quando precisar, você poderá recorrer sem culpa à sua networking.

A networking funciona como uma troca de gentilezas, de informações, de oportunidades. Quem fica “enchendo” sua networking de contatos na esperança de ter uma garantia quando o pior acontecer em sua carreira, certamente vai ter este sentimento de “culpa” quando recorrer aos contatos em busca de um auxílio.
Mas o profissional que está sempre doando um pouco de si para ajudar os membros de networking, mesmo que seja com informações sobre cursos profissionalizantes ou palestras, sabe que no momento que mais precisar, sua networking estará pronta para lhe ajudar e com imenso prazer, pois ele já  é visto há um bom tempo por todos, como um profissional digno que se lembra dos colegas não apenas nos momentos de dificuldade.

Por Russel

Para manter uma boa rede de contatos é preciso saber cuidar dela. Ajudar quando for preciso, pedir dicas e conselhos. Com isso, sua rede ficará fortalecida e sólida.

Ter uma boa rede de contatos é de fundamental importância nos dias atuais para todo profissional, independente da área em que ele atua. Mas não basta ter uma rede de contatos para ficar tranquilo, diariamente você deve cuidar desta rede, fortalecendo-a e até mesmo buscando novos parceiros, criando novos contatos, mas sempre com o cuidado de se preocupar com a qualidade e não com a quantidade.

E para fortalecer sua rede de contatos, nada melhor do que manter os relacionamentos sempre vivos, pois muitas pessoas simplesmente esquecem destes contatos e quando estão com alguma dificuldade profissional ou até mesmo quando perdem o emprego, recorrem a  esta rede na esperança de conseguir ajuda para se recolocar no mercado. Não é assim que funciona!

O que você deve fazer, para poder contar com ajuda no futuro, é ajudar no presente. Mantenha contato com todos de sua rede, se interesse por eles, por seus problemas e veja no que você pode ajudar. Mesmo que você não possa indicar um contato para uma possível vaga de emprego, você pode ajudar na divulgação de que ele está precisando de um emprego e mesmo que seja outra pessoa que o ajude, ele saberá que foi através do seu intermédio.

Desta forma, quando você enfrentar uma situação difícil, seus contatos irão saber que você não é daquelas pessoas que os procuram só por interesse, mas é uma convivência natural, onde todos se ajudam.
Outra forma de fortalecer sua rede de contatos é trocar informações e até pedir conselhos, por mais simples que possam parecer, por exemplo, se você estiver pensando em fazer um curso profissionalizante, poderá conversar a respeito com os seus contatos, pedir a opinião deles, dizer que você está pretendendo com este curso e até sugerir a eles que também façam cursos para se manterem atualizados. É esta convivência que vai fortalecendo os laços e tornam as pessoas mais solidárias em uma rede.

Rede de contatos não é para pedir emprego, você pode pedir conselhos, dicas, alguma indicação, comentar suas dificuldades, mas pensar que rede de contato é ter uma lista de pessoas que vão lhe arrumar um emprego, caso seja preciso, é um erro grave.

Use bem sua rede de contatos, mantenha um convívio quase que diário e aproveite estas pessoas para crescer profissionalmente e também para ajudá-las a crescer, pois  isso é o que irá manter forte, sua rede de amigos.

Por Russel