É preciso ter motivação para fazer um bom trabalho sempre e buscar ter objetivos para alcançar.

A falta de motivação é capaz de acabar com a carreira de um profissional ou tirar-lhe toda a expectativa de um futuro melhor. Diante de tantas cobranças, da grande pressão por parte das empresas, o que encontramos são profissionais desmotivados que aos poucos vão perdendo a vontade de estarem sempre aprendendo mais, perdendo a capacidade criativa e assim vão se tornando profissionais dispensáveis para o mercado de trabalho.

Não deixe isso acontecer com você, saiba como conquistar a automotivação com dicas simples, que podem ser usadas facilmente no dia a dia e a primeira delas é a mais óbvia: acreditar em você mesmo!
Como você pode querer que a empresa acredite na sua capacidade, em seus projetos, se nem você mesmo está se dando o devido valor? É preciso valorizar suas qualidades e conhecer suas virtudes, pois assim irá começar a se valorizar mais.

O mercado está repleto de desafios e se formos nos apegar às notícias ruins, nem saímos de casa, por isso, a dica é focar no que há de positivo, por menor que ele seja. Se um projeto seu não conseguiu êxito, mas serviu para você aprender algo, é melhor focar-se neste aprendizado e utilizá-lo para um novo e melhor projeto.

Se um produto não conseguiu atingir a meta de venda esperada, é melhor se focar nas vendas que foram conseguidas, ainda que tenham sido baixas, para analisar o que deu certo e trabalhar em cima disso para criar novas campanhas! Não deixe o negativismo tomar conta de você, em nenhum momento.

Procure sonhar mais, porque viver só de realidade é muito duro! Sonhar não significa viver alheio ao mundo, pelo contrário, sonhar é querer coisas boas para sua vida e isso é um combustível muito importante para alimentar nossa automotivação! Então sonhe muito, mantendo um pé na realidade, no trabalho do dia a dia e o outro o pé no caminho que vai te levar a realizar seus sonhos.

Procure ser uma pessoa bem-humorada, de bem com a vida, pois isso vai lhe agregar confiança, um círculo maior de amigos, fazendo-lhe sentir mais motivado para atingir suas metas.

Por Russel

Algumas profissões oferecem um ambiente tranquilo e uma promessa de qualidade de vida bem melhor.

Anda estressado? Escutar críticas e trabalhar sob pressão definitivamente não lhe fazem bem? Pensando em mudar de profissão para fugir dos problemas que tanto te tiram do sério? Algumas profissões oferecem um ambiente de trabalho tranquilo, e uma promessa de qualidade de vida bem melhor. As profissões foram avaliadas pelo nível de estresse, em que 0 seria a mais estressante e 100 a menos estressante. Portanto, quanto maior a pontuação, menor o nível de estresse aos profissionais. Conheça algumas:

Cientista de Materiais: Se você gosta de manipular materiais e gosta do ambiente de laboratório, pode se encaixar perfeitamente nesta profissão. A marca alcançada por profissionais da área foi de 53.

Cientista de Alimentos: Mexer com alimentos, investigar as novas tendências para a alimentação mundial e novas soluções genéticas para a mesa da população. Além de ser um trabalho agradável, conta com nível de tolerância ao estresse de 55.8 pontos e rende mensalmente cerca de R$ 3.561. Atraente não?

Matemático: Se você é bom com números e gosta de novos desafios, saiba que a carreira de matemático alcança um nível de estresse de 57.3 pontos.

Astrônomo: Quem nunca sonhou em passar a vida olhando para as estrelas? Pela sua pitada poética, a profissão parece ter um pouco menos de impacto aos funcionários registrando 62.7 pontos de estresse.

Professor de Direito: Além de ensinar o que se gosta, ao ser Professor de Direito, as oportunidades de emprego podem ser melhores, pois a cada dia aumenta a quantidade de cursinhos preparatórios para concursos públicos. A profissão alcançou 62,8 pontos.

Desenvolvedor de Software: Além de ser uma área em expansão constante, o profissional que desenvolve softwares tem ainda a sensação de utilidade para a população, desenvolvendo ferramentas para a melhoria de vida das pessoas. O índice de estresse dessa profissão chegou ao nível de 65 pontos. O que demonstra que é uma área bem tranquila para se trabalhar.

Ortodontista: Pode ser considerado o “artista da odontologia”,  pois é responsável pelas restaurações e construção de próteses dentárias que melhor se adaptem aos diferentes pacientes. Parece que trabalhar com o sorriso diminui o estresse: Dentre as profissões pesquisadas, a ortodontia é a que teve maior pontuação contra o estresse: 67 pontos.

Por Patrícia Generoso

Fazer uma avaliação na carreira é importante para tomadas de decisões.

Quando falamos de avaliação, o que também pode ser compreendido como autoavaliação, é preciso, antes de qualquer coisa, considerar que é algo de fundamental importância não se restringindo a apenas uma área em especial.  Aqui vamos tratar especialmente sobre a importância de se avaliar a carreira, mas, considerando que alguns aspectos também podem ser estendidos para a vida profissional.

– Por que avaliar a carreira:

Ás vezes o profissional ocupa um bom cargo, tem um salário relativamente bom e nada parece errado. Porém, de uma hora para outra ele se vê de cara com o RH e uma carta de demissão na mão. A primeira vista pode-se imaginar que a pessoa foi demitida sem motivo. Isso é meio complicado ainda mais quando consideramos a competitividade do mercado atual. E é exatamente esse um dos motivos dentre os quais o profissional precisa começar a fazer uma avaliação de si mesmo e de sua carreira. Avaliar a própria carreira ainda trará benefícios para o futuro uma vez que será mais fácil traçar um caminho.

– Avaliar a carreira amplia o campo de visão:

Esse é um dos pontos mais importantes nesse tema. O profissional que decide fazer uma avaliação de sua carreira acabará tendo que aprender a conhecer melhor a si mesmo. Desta maneira, os erros e acertos são identificados, aquilo que se sabe fazer e aquilo que se tem dificuldades serão pontos mais facilmente percebidos. Conhecendo mais profundamente a si mesmo e a sua carreira (ou a situação dela) o profissional terá uma visão mais ampla com relação as “coisas” com que tem que lidar.

– A importância de avaliar sua carreira:

Quando o ponto é uma avaliação profissional a primeira coisa que se deve ter em mente é de que se trata de algo muito importante e que não deve ser feito de qualquer jeito. Quando a avaliação é feita da maneira correta o próprio profissional conseguirá compreender melhor sua carreira. Mas especialmente ele irá entender o que está fazendo algo dar certo ou dar errado, qual o motivo de sua carreira estar estagnada e por aí vai.

Como é possível analisar por esses três pontos avaliar a carreira é importante em todos os sentidos. Uma carreira bem construída deixará o profissional melhor consigo mesmo dentro e fora do trabalho.

Por fim, fica o aviso: Fazer uma avaliação na carreira não que dizer que a pessoa não tem segurança ou que seja alguém fraco para o mercado. Pelo contrário, isso é amadurecimento e inteligência. A avaliação é uma ferramenta mais do que útil para entender a jornada (carreira) do início até o momento atual em que se encontra e com isso acaba sendo possível investir melhor no futuro.

Por Denisson Soares