Há vagas para homens e mulheres, os salários podem chegar a R$ 5.867,62

A Polícia Militar da Paraíba, conhecida pela sigla PMPB publicou por meio do edital de concurso público de número 001/2016 CFO PM-2017, que irá realizar a seleção de alunos para o CFO – Curso de Formação de Oficiais da corporação, tendo inicio em 2017. Segundo o edital, serão ofertadas ao todo 30 vagas, onde 5 são para o sexo feminino e 25 são para os candidatos do sexo masculino.

Entre os requisitos exigidos, é necessário possuir no mínimo 1,65 m de altura, para o sexo masculino, e 1,60m para o sexo feminino, além de ter 18 anos completos até o dia 31 de dezembro de 2017 e no máximo 30, também ter concluído o ensino médio ou equivalente.

O salário básico inicial poderá oscilar entre R$ 2.194,54 e R$ 5.867,62, conforme o grau hierárquico, que pode ser Cadete 1º, 2º e 3º ano, Aspirante a Oficial PM e por fim 2º Tenente PM.

Para participar da seletiva o candidato deverá, obrigatoriamente, estar inscrito para o ENEM, o Exame Nacional do Ensino Médio do ano de 2016, a inscrição acontece até o dia 20 de maio de 2016.

Após realizar a inscrição no ENEM, os candidatos deverão se inscrever para o concurso público, por meio do site da PMPB, o www.pm.pb.gov.br. Os interessados deverão efetuar a mesma no período compreendido entre os dias 04 de julho e 08 de agosto de 2016, mediante ao pagamento de uma taxa de inscrição no valor de R$ 50.

O documento publicado informa que o processo terá em sua composição cinco etapas: onde a primeira será Intelectual, representada pelas Provas Escritas do ENEM 2016, a segunda fase é o exame psicológico, a terceira etapa é o exame de saúde, o exame de aptidão física será a quarta e por ultimo a avaliação social.

Ao ingressar no Curso de Formação de Oficiais PM o aluno será graduado como Cadete do CFO PM, e assim que termina-lo com bom aproveitamento, o mesmo será declarado Aspirante-a-Oficial PM. Depois de passar por um estágio probatório de seis meses, será promovido a 2º Tenente, ingressando assim no QBC, o Quadro de Oficiais Combatentes da Polícia Militar do Estado da Paraíba.

FILIPE R SILVA

O CAT (Centro de Apoio ao Trabalho) está com 1.775 oportunidades de emprego para os setores de segurança e limpeza. Há opções para profissionais de diversas faixas de escolaridade.

Para o cargo de auxiliar de limpeza, há 1.237 vagas e a remuneração pode chegar a R$ 1.100,00. Quem tiver experiência pode se candidatar às oportunidades para encarregado ou chefe de limpeza, no qual a remuneração pode atingir R$ 1.700,00.

Há ainda vagas para empregado doméstico, faxineiro, limpador de vidros e serviços de limpeza e conservação de áreas públicas.

Na área da segurança, há oportunidades para agente, auxiliar, encarregado, supervisor e vigilante. Os salários oferecidos variam entre R$ 947,00 e R$ 1.297,00.

Quem tiver interesse, basta comparecer a qualquer unidade do CAT com os seguintes documentos: RG, CPF, Carteira de Trabalho e número do PIS.

Para conferir os endereços das unidades do CAT, acesse aqui ou ligue para o telefone 156.

Por Natali Alencar

A Rotak está selecionando profissionais para atuar na área de segurança e limpeza na cidade de São Paulo.

A empresa busca por profissionais que tenham fácil acesso para trabalhar nas regiões da Zona Sul (Brooklin, Campo Belo, Jabaquara e Campo Limpo), Zona Oeste (Morumbi, Rio Pequeno e Butantã) e Zona Norte (Freguesia do Ó, Perus e Jaraguá).

Os interessados podem concorrer aos postos de Coordenador de Portaria, Auxiliar de Monitoramento, Porteiro e Controlador de Acesso.

Para coordenador de portaria, é necessário ter concluído o ensino fundamental e possuir carteira habilitação.

No caso dos postos de auxiliar de monitoramento, a empresa busca por pessoas com experiência, no entanto, o nível de ensino também é o fundamental.

Interessados em atuar como porteiro e controlador de acesso não precisam ter experiência anterior na área.

Para se candidatar é preciso comparecer no seguinte endereço: Estrada de Itapecerica, n° 1.798, Vila Prel, Zona Sul de São Paulo (próximo ao Hospital Campo Limpo). A seleção acontece de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 15h.

Por Paulo Talarico

A rede de Supermercados Mambo está contratando 10 vigilantes para suas lojas da zona sul, norte e oeste da cidade de São Paulo.

Os contratados serão responsáveis por verificar as compras dos colaboradores, identificarem a movimentação de pessoas nas dependências das lojas, evitarem quebras e furtos, efetuarem rondas dentro do estabelecimento e outras atividades que competem ao cargo.

Para se candidatar é necessário ter ensino médio completo e ter atuado na área de segurança e vigilância.

O salário oferecido é de R$900,00 e os funcionários ainda terão direito a assistência médica, medicina em grupo e vale transporte. Os Supermercados Mambo oferecem vagas no estacionamento e restaurante no local.

A escala é de 6×1 com uma folga semanal e o horário de trabalho é das 14h às 22h20 ou das 14h40 às 23h. Para participar do processo seletivo preencha a ficha de solicitação de emprego no site da empresa: www.mambo.com.br.

Por Leiliane Lopes

Grupo Garantia Real, empresa especializada em segurança, está com 230 vagas de emprego abertas para os cargos de vigilante, porteiro, auxiliar de limpeza e de conservação. Os salários não foram informados, mas devem corresponder ao piso salarial de cada uma das áreas, que gira em torno de um salário mínimo (R$ 510).

O único pré-requisito para o cargo de vigilante é curso de especialização na área, para os demais cargos não é necessária experiência prévia. Os contratados irão atuar nas zonas leste e oeste de São Paulo e demais cidades do grande ABC Paulista.

Para participar é só comparecer, munido de carteira profissional, a uma das filiais da empresa, que ficam nos bairros da Barra Funda e Santo Amaro, em São Paulo (endereços aqui), durante o horários comercial, das 8h30 às 17h, em dias úteis. Mais informações aqui.

Por Thiago Martins

O Grupo Panna é uma empresa de serviço de Recursos Humanos e Terceirização na região de Sorocaba, interior de São Paulo. Apesar de localizada no interior, a empresa presta atendimento a várias regiões do país.

A empresa tem vários setores no fornecimento de serviços, são eles:

  • Defensere na área de Segurança e Monitoramento;
  • Harmoniza na área de Limpeza e Jardinagem;
  • Proserv na área de Projetos Personalizados;
  • Temporari na administração de mão-de-obra temporária;
  • Treiner na contrataão de estágios.

Para conhecer mais sobre cada serviço, o site www.grupopanna.com.br é bem completo e ainda tem espaço para cadastrar o currículo e consultar novas vagas.

Por Rafaela Ometto

A carga de trabalho do cenário corporativo moderno algumas vezes obriga os indivíduos a fazerem horas extras na empresa. Se é um serviço que diz respeito apenas à própria pessoa, ela pode acabar tendo que permanecer trabalhando de forma isolada. Para isso, é preciso uma série de cuidados em relação à segurança do colaborador e da organização.

Ao ficar na empresa sozinho, procure manusear somente os itens que estão diretamente relacionados a você. Não mexa em objetos e documentos de outros colegas, a não ser que tenha recebido autorização direta deles. Ao entrar e sair do local, esteja atento aos arredores para ser capaz de identificar a presença de pessoas suspeitas. Se a companhia mantém serviço de segurança privada, estabeleça uma boa relação com as pessoas responsáveis por ela. Isso pode se lhe ser muito útil em caso de emergência.

Fazer hora extra sozinho não é agradável, mas por vezes, é necessário. Apesar de desagradável, no entanto, essa experiência precisa ser segura.

Em muitos ramos de atividade, algumas operações realizadas pelos colaboradores exigem que se observe regras específicas de segurança ou o uso de equipamentos de proteção individual (EPI). Deixar de atentar para esses regulamentos pode trazer consequências desagradáveis tanto para o empregado quanto para a empresa.

Trabalhar de forma segura é a palavra de ordem em qualquer organização. Interessar-se sempre pelos treinamentos que são ministrados, pelos novos procedimentos que são introduzidos e por todas as etapas que garantam uma rotina laborativa sem sustos é um dever de todos dentro da companhia. Da chefia ao pessoal operacional, todos precisam estar comprometidos com práticas seguras.

Um ambiente de trabalho onde se observam todas as precauções para evitar acidentes é mais tranquilo para todos os envolvidos. Contribua para que as estatísticas desse tipo de evento em sua empresa permaneçam sempre baixas.