Secretaria do Trabalho e Emprego da região oferece 225 vagas de emprego.

Em tempos de crises, o mercado de trabalho às vezes acaba surpreendendo os brasileiros. Nas cidades brasileiras, os indivíduos podem contar com a ajuda de algumas instituições que oferecem oportunidades de emprego. Em São José do Rio Preto, em São Paulo, a Secretaria do Trabalho e Emprego está ofertando 225 vagas.

Os moradores de São José do Rio Preto, para conseguirem uma vaga de emprego, devem ir até a sede da Secretaria do Trabalho e Emprego. E quem não é cadastrado deve ir até o local levando os seus documentos pessoais.

As oportunidades disponíveis estão na lista abaixo. Confira:

  • Fiscal de Loja – 6;
  • Arquivista – 1;
  • Caseadeira – 1;
  • Atendente – 2;
  • Auxiliar Contábil, de Lavanderia e Produção – 3;
  • Estagiário Farmácia – 2;
  • Botoneira – 1;
  • Agente de Registro – 1;
  • Técnico em Métodos Gráficos e Enfermagem – 2;
  • Gerente de Loja – 1;
  • Empregada Doméstica – 1;
  • Enfestadeira – 1;
  • Consultor de Vendas/ Vendedor Externo e Vendas Externas – 15;
  • Estágio – 1;
  • Supervisor de Vendas – 1;
  • Gestor em TI – 1;
  • Inspetor de Tráfegos – 2;
  • Auxiliar/Técnico Enfermagem – 3;
  • Masseiro – 2;
  • Operador de Caixa e Produção Junior – 2;
  • Passadeira – 4;
  • Programa de Estágio CPFL Paulista – 150;
  • Lavador de Tráfegos e Carros e Estofados – 3;
  • Repositor de Mercadorias – 20.

Como conseguir uma vaga de emprego:

Os interessados em uma das oportunidades de emprego têm duas opções para conseguir preencher a tal vaga. A primeira maneira para conseguir uma vaga é se cadastrar na página da Secretaria do Trabalho e Emprego, que é o seguinte site: www.riopreto.sp.gov.br.

A segunda opção é ir até a sede da entidade. A sede da Secretaria de São José do Rio Preto fica localizada na Rua Eduardo Nielsen, 420, Jardim Congonhas.

Quem tem interesse em alguma vaga não pode deixar de ir à localidade em outro dia, pois, segundo informações da Secretaria, as vagas abordadas podem ser alteradas sem aviso prévio.

Por Flavinha Santos