A Espro (Ensino Social Profissionalizante) abriu as inscrições para o seu Programa de Aprendizagem em todo o país. A seleção irá oferecer 1.095 oportunidades para candidatos com idade entre 18 e 21 anos.

Como requisito, é necessário que o candidato esteja matriculado na escola (no período noturno) ou tenha concluído o ensino médio na rede pública de ensino.

As oportunidades possuem carga horária diária de seis horas, de segunda a sexta. As principais vagas são para o setor Administrativo, bem como para as áreas Bancária, de Call Center, Operacional, de Varejo e Alimentício.

Os candidatos aprovados serão contratados em regime de CLT e terão direito a salário mensal fixo e recebimento de benefícios.

A formação tem duração de até dois anos e inclui uma etapa teórica (onde o jovem vai a aula uma vez por semana) e outra prática (que será realizada na empresa nos outros dias da semana). Ao final do programa, o jovem recebe um certificado de conclusão.

Segundo a instituição, mais de 17 mil jovens já participaram do programa, que tem 350 cursos em diversas áreas, todos eles são aprovados e registrados no Ministério do Trabalho.

Os jovens interessados em concorrer a uma das 1.095 vagas, devem preencher os requisitos exigidos e cadastrar o currículo no site www.espro.org.br/aprendiz.

Por Jorge Souza

Em Londrina, no Paraná, a Santa Casa está abrindo 35 vagas para interessados em ingressar no Programa Menor Aprendiz.

As inscrições devem ser feitas entre a próxima segunda-feira, dia 16 de julho, e terça-feira, 17 de julho. A validade do programa será de um ano.

Os interessados em concorrer a uma vaga devem ter 16 anos no mínimo, além de estarem matriculados no Ensino Médio. Após a seleção, haverá a formação de 2 turmas para início de atividades entre os meses de agosto e setembro.

Assim como na maioria dos processos de trainee, o Programa Menor Aprendiz oferece um processo de aprendizado em que os candidatos poderão conhecer todos os setores da Santa Casa de Londrina, entre outras instituições ligadas à entidade de saúde.

O salário a ser pago aos aprovados será de R$ 283, com incentivo de R$ 63 de vale-transporte. Pensando na carreira profissional de seus funcionários, o programa oferece possibilidade de contratação efetiva após o final do contrato de aprendiz.

Quem tiver o interesse nestas vagas deve comparecer na Rua Senador Souza Naves, nº 441, sala 142, entre as 8h e as 12h, ou à tarde, entre as 14h e as 18h. Os candidatos devem estar munidos de uma foto 3X4, cópia do RG e do CPF, declaração de matrícula original, cópia do boletim do último semestre, cópia da carteira de trabalho (página com a foto) ou do protocolo de pedido do documento.

Por Marcelo Araújo

Segundo o VNews, as empresas das cidades paulistas de Taubaté, São José dos Campos, Campos do Jordão e Guaratinguetá, e que tenham profissionais com idade entre 16 e 18 anos em seu quadro de empregados podem inscrevê-los em curso profissionalizante do Programa Menor Aprendiz. Procure a unidade do SENAC mais próxima.

O Programa Menor Aprendiz está previsto pela Lei 10. 097/2000. A contratação não gera vínculo empregatício e os profissionais podem trabalhar até 8 horas diárias, desde que tenham completado o nível fundamental.

É obrigatória, para as empresas, a contratação como Menor Aprendiz de, no mínimo, 5% dos empregados (no máximo, 15%), se a função exercida demanda treinamento profissional.