O Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) que fica situado no município de Lençóis Paulista, no Estado de São Paulo, atualizou a lista de oportunidades oferecidas para os moradores do município, sendo uma grande oportunidade para você que está fora do mercado, porém, a procura de uma oferta que combine com o seu perfil profissional.

Estão disponíveis propostas em atividades de variados setores, porém, o órgão de atendimento ao trabalhador menciona que para se candidatar é preciso ser maior de idade e todos deverão ter ao menos a alfabetização.

Quanto maior for o seu nível de conhecimento, mais vagas poderão ser identificadas no atendimento que é feito pessoalmente no Posto de Atendimento ao Trabalhador de Lençóis Paulista.

As principais ofertas de trabalho são para exercer as seguintes atividades: Vendedor Executivo de Serviços, Vendedor Externo, Vendedor no Comércio, Vendedor no Ramo Imobiliário, Vendedor de Eletroeletrônicos, Vendedor de Máquinas Agrícolas, Vendedor de Material de Construção, Torneiro Mecânico, Lubrificador de Máquinas, Promotor de Vendas, Professor de Inglês, Encarregado de Supermercado, Motorista Administrativo, Motorista de Carreteiro, Motorista Entregador, Motorista de Basculante, Motorista de Betoneira, Motorista de Caminhão, Motorista de Comboio, Motorista de Ônibus, Instalador e Montador de Painéis e Fachadas, Programador e Desenvolvedor de Java, Frentista Lubrificador, entre outras funções.

Todos os candidatos que comparecerem ao PAT e tiverem o perfil profissional de acordo com a solicitação que é feita pela empresa, vão receber uma carta de encaminhamento para participar do processo seletivo.

O PAT fica na Rua Coronel Joaquim Gabriel, nº 11, Centro. O atendimento é feito com a apresentação de todos os documentos pessoais, em dias úteis e em horário comercial.

Os documentos obrigatórios para fazer o cadastro do seu currículo são: RG, CPF, Carteira de Trabalho, Comprovante de Endereço e Número do PIS, caso possua. Compareça na agência de atendimento ao trabalhador o quanto antes e boa sorte.

Por Josiane Fernandes de Jesus