Não importa o tamanho da organização: uma hora ou outra uma fofoca ou comentário maldoso sempre acaba surgindo. As pessoas parecem ter prazer em falar sobre a vida dos outros. Mas quando essa mania se torna crônica, muitos malefícios podem aparecer no ambiente de trabalho.

Comentários e informações, via de regra, tem muito poder. Diz-se até mesmo que informação é poder. Espalhar inverdades ou plantar palavras que prejudiquem as outras pessoas transformam um local de trabalho num verdadeiro inferno. Os indivíduos envolvidos podem vir a querer a tirar satisfações e acabam perdendo volume e qualidade de produção, por estarem incomodados com o que está sendo falado sobre eles.

Na medida do possível, tente riscar as fofocas e os comentários ruins do seu repertório comportamental. Preocupe-se em disseminar informações boas e em ajudar seus colegas. Isso sim é enriquecedor para os colaboradores e para a empresa.

Seu colega é uma pessoa extremamente perfeccionista. Não deixa passar um resquício de erro no próprio trabalho e no dos demais. Está sempre apontando falhas irrelevantes.

Esse tipo de atitude não ajuda nem a ele, nem à empresa; pelo contrário, só tende a atrapalhar.

O mundo não é perfeito e as empresas também não. Viver atrás de picuinhas pode acabar desviando o foco das coisas que são realmente importantes e com as quais vale a pena se preocupar.

Não se trata de fazer tudo com desleixo, mas de saber que somos todos falíveis. Pequenos erros existiram, existem e sempre vão existir. O importante é mantê-los dentro de limites aceitáveis e não viver como escravo das minúcias.

Um comentário aqui, um disse-que-disse ali. E começa a fofoca no escritório ou na linha de produção. Conforme ela é repassada, vai aumentando até tomar proporções grandes demais e explodir. Vale a pena alimentar isso num ambiente saudável de trabalho?

A fofoca e a maledicência existem desde que o mundo é mundo. E desde seu início nunca trouxeram nada de bom a ninguém, pelo contrário, só desentedimentos, intrigas, discussões, mal-entendidos. Suas opiniões a respeito de seus colegas ou de seus superiores são melhores se guardadas apenas para você. Ninguém precisa ficar sabendo da sua implicância com a secretaria da diretoria ou com o supervisor do turno da noite.

Procure sempre fazer seu trabalho da melhor maneira possível e passe longe de fofocas e conversas fiadas: quem ganha é você e sua empresa.