O mercado aquece nesse período de recuperação econômica e o resultado aparece em forma de oportunidade. No mês de julho, 12 mil trabalhadores foram contratados no regime temporário. Apesar desse número alcançar um índice 22% menor em relação a este período em 2008, alguns fatores indicam uma melhora no cenário atual.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira das Empresas de Serviços Tercerizáveis e de Trabalho Temporário (Asserttem), a média de salários oferecidos neste ano foi maior do que no ano passado. Além disso, cerca de 13% dos profissionais do setor de lazer foram efetivados após o fim do contrato temporário, o mesmo acontecendo para 15% de trabalhadores dos setores de indústria e comércio.

Para o presidente da Asserttem, Vander Morales, o cenário é positivo e reflete o aumento da oferta de crédito e da confiança do consumidor.