O profissional que exerce suas funções em casa, o chamado home office, pode até contar com alguns privilégios em relação ao trabalho trancado dentro de um escritório. Mas, o que é o sonho para muita gente às vezes quando é conseguido acaba virando um pesadelo. O motivo para isso é bastante simples e fácil de entender: a preguiça.

Vamos imaginar a seguinte cena: de manhã está fazendo um friozinho e uma chuva fina está caindo tranquilamente. A maior parte das pessoas prefere ficar na cama com um clima assim. Quem trabalha em casa também é uma pessoa, só que com o detalhe de não ter ninguém por perto para controlar seu tempo. Isso aí é a receita certa para que a procrastinação tome conta. Ou então, a velha mania do “daqui dez minutos eu começo”.

Se você desenvolve um trabalho home office e tem dificuldades em lidar com a questão da procrastinação, listamos algumas dicas para melhorar a situação, seu trabalho e sua produtividade. Confira:

– Tenha atitude: É algo mais ou menos como criar um hábito. A pessoa precisa determinar a que horas começa e termina seu expediente.

– Para muitas pessoas a parte da manhã é período onde a preguiça chega para ficar. Para combater o desânimo causado por essa situação inicie as atividades do trabalho com aquelas que são mais fáceis, interessantes e que, claro, goste de fazer.

– Dê um bônus a si mesmo: Se o profissional é bom no que faz e cresce em produtividade a maioria das empresas costuma reconhecer e oferece um tipo de bônus (dinheiro, folga extra e etc). Então por que o profissional home office não pode fazer o mesmo? É uma forma da pessoa se manter motivada e focada. Como fazer isso? É simples, estabeleça um prazo para cumprir determinada tarefa enquanto isso pense consigo “se eu terminar isso tal hora eu vou poder fazer isso, comprar aquilo e etc”.

– Use o popular para se motivar: Os velhos ditos do tipo “Deus ajuda quem cedo madruga”, “o sacrifício de hoje é o sucesso de amanhã” e etc podem ajudar a se manter “ligado”. Tem gente que cola coisas do tipo em uma parte do computador ou faz um porta retrato do que querem conseguir ou ser e deixam ali, na mesa de trabalho para se motivar a continuar.

Por Denisson Soares

Trabalhar em período flexível ou a distância (Home Office) é o sonho de muitas pessoas, principalmente dos brasileiros, seja para fugir do trânsito, ter mais tempo para as suas atividades pessoais ou mais lazer no dia-a-dia com a família.

Mas o que todos almejam é ter mais bem estar e qualidade de vida, tanto pessoal como profissional.

O trabalho Home Office é uma realidade recente na rotina de muitas empresas, essa modalidade vem crescendo em todo o mundo, inclusive no Brasil, mesmo que a legislação ainda não favoreça essa atividade.

Os profissionais que trabalham presencialmente nas empresas são mais lembrados entre os grupos que cumprem seus horários e os que excedem suas jornadas. O tempo que a pessoa passa trabalhando em um escritório afeta a sua avaliação, mas pode facilitar futuras promoções. Quando se trata de um profissional que cumpre seu horário de trabalho, os diretores são mais propensos a dizer que essa pessoa é mais confiável e responsável, assim como um colaborador que excede o seu tempo de trabalho em uma empresa, seu índice de valorização se torna elevado.

O SAS, uma das companhias certificadas como Top Employers Brasil 14, é uma das empresas que mais incentivam seus funcionários a trabalhar em home office, por exemplo. Os colaboradores possuem ferramentas tais como notebook e celular corporativo, os quais possibilitam o trabalho home office. Além disso, o SAS valoriza o equilíbrio entre trabalho e a vida pessoal do funcionário e isso é mais uma ferramenta que ramifica a cultura da empresa.

Essa mudança de modalidade mostra que as companhias brasileiras estão se moldando ao novo perfil do trabalhador e às novas realidades da sociedade e também do mercado de trabalho. As novas tecnologias estão se aproximando cada vez mais as pessoas. Desta forma, as empresas estão encontrando meios de produzirem também, mantendo o colaborador mais ativo e alinhado com as tendências do mercado.

Você pode conhecer mais a respeito da empresa acessando o site www.sas.com.

Por Daniela Almeida da Silva

Eis que uma empresa de conteúdo para a Internet está com vagas abertas na modalidade de Freelance, para o cargo de Divulgador em Mídias Sociais (fóruns, blogs, redes sociais diversas).

O profissional em questão necessita compreender a dinâmica da Internet, conhecendo formas de divulgação de qualquer tipo de site.

Perfil desejado:

  • Mecanismos de busca: conhecer a importância dos mesmos, assim como seus operadores avançados;
  • HTML: conhecimento avançado;
  • Fóruns e Blogs: habilidade para manter relações sólidas e duradouras;
  • Português: qualidade máxima da escrita, sabendo construir textos sólidos e de fácil leitura;

Você possui o perfil acima? Então encaminhe o seu Curriculum Vitae para o e-mail divulgadorsocial@yahoo.com.br até o dia 03/12/2010.

Tem cada vez mais brasileiro trabalhando em casa hoje em dia. O número cresce sem parar, já são mais de 200 mil no país todo. E também cresce o número de trabalhadores com carteira assinada. A tendência é que esse tipo de trabalho aumente muito nos próximos anos. Dependendo da área, você pode acabar trabalhando assim.

Certamente todo mundo sonha em, um dia, poder trabalhar de casa. E isso tem sido cada vez mais viável, já que o barateamento das telecomunicações e a evolução da internet estão diminuindo cada vez mais a necessidade de se deslocar para grandes espaços físicos.

Embora nem todo tipo de trabalho possa ser feito em domicílio, para muitos cargos as vantagens do trabalho em casa superam muito as desvantagens. Vamos ver quais são as principais?

Vantagens

Para a empresa

  • aumento de produtividade: o funcionário levanta da cama e já pode ir direto trabalhar. Não há necessidade de tomar banho, trocar de roupa, pegar o carro e enfrentar o trânsito para chegar ao trabalho. É comum que esses preparativos de ida e volta do trabalho cheguem a tomar 2 horas por dia. Além disso, não existe hora do cafezinho nem colega do lado para ficar conversando, o que pode diminuir o tempo gasto em conversas não relacionadas ao trabalho
  • diminuição de custos: o espaço do escritório pode ser menos. Além disso, por utilizar uma estrutura de telecomunicações já existente na casa do funcionário, a conta do telefone e da internet também pode ficar menor.

Para o funcionário

  • aumento do tempo livre: se você trabalha em casa e tem a impressão de que tem mais tempo livre, isso não é ilusão não. É o mesmo caso já explicado lá em cima, você não tem deslocamento de casa para o trabalho e vice-versa. Isso significa que você vai passar mais tempo com sua família, inclusive
  • diminuição de despesas: para começar, seu carro roda menos, o que tem 3 efeitos sobre ele: você gasta menos gasolina, ele se desgasta menos e precisa de menos visitas à oficina e ainda por cima tende a ficar em melhor estado, aumentando o valor para revenda. Além disso, as refeições são feitas em casa, e isso pode impactar significativamente seu orçamento. Também é comum que existam menos gastos com compras de produtos supérfluos, já que a tentação de passar em lojas ao sair do trabalho passa a ser quase nula

Desvantagens

Para a empresa

  • diminuição do controle sobre o funcionário: fica muito mais difícil enxergar o que o funcionário está fazendo. Se a produtividade está baixa porque ele está desperdiçando tempo com distrações domésticas, fica difícil de aferir. Do mesmo modo, também é mais difícil aferir se a carga de trabalho está muito elevada
  • diminuição da interação entre as equipes: funcionários isolados tendem a trocar menos experiências entre si

Para o funcionário

  • dificuldade em manter o foco no trabalho: distrações domésticas, internet e outras tentações podem minar sua produtividade. Isso pode ser problema para pessoas menos disciplinadas ou com famílias maiores, mais barulhentas. O ideal é separar bem o ambiente de trabalho do resto da casa
  • horários: se não existe uma hora específica para estar online, é comum que os horários fiquem bagunçados, com trabalhos durante a madrugada. Também é comum que, por estar presente no ambiente de trabalho o tempo todo, se passe mais tempo trabalhando

Conclusão

Trabalho em casa pode melhorar significativamente o desempenho do funcionário e diminuir significativamente o custo para ambos. Mas tanto o emprego quanto o funcionário tem que ter o perfil certo para que as tarefas sejam todas realizadas.

Para completar, fique com um vídeo do Jornal Nacional que trata exatamente dos artigos que acabamos de discutir aqui:

Uma empresa de produção de conteúdo para Internet está recrutando estudante, de preferência nas áreas de jornalismo ou publicidade, para trabalho freelance. O candidato deve escrever bem, já de acordo com as novas regras gramaticais da língua portuguesa, e produzir textos concisos, que vão direto ao ponto e que atraiam a atenção do leitor. O candidato trabalhará a partir de sua casa, com remuneração por empreitada.

Se você tem essas características, envie um e-mail para jovemjornalista@hotmail.com, com um pequeno texto, de 2 a 3 parágrafos, de sua autoria,  em alguma área de seu interesse (fotografia, artesanato, carros, motos, moda, etc), que responda a alguma dúvida comum de novatos no assunto (por exemplo, se sua área escolhida for fotografia, seu texto, conciso e curto, pode ser uma resposta à pergunta “O que é HDR?”)

Não envie currículo, apenas envie o texto. A qualidade do texto e a escolha de uma questão pertinente ao assunto serão avaliadas.