Quem não conhece indivíduos bajuladores (“puxa-sacos”) no trabalho? Eles estão a todo momento buscando um modo de agradar a seus superiores não pelo bom trabalho que desempenham, mas sim através de elogios falsos e sem conteúdo. Saiba que essa não é a melhor maneira de ser reconhecido no ambiente corporativo.

Via de regra, os bajuladores são incompetentes ou tem uma performance no mínimo abaixo da média.

Como não se sobressaem mostrando serviço, precisam recorrer à lisonja para assim, serem notados pela chefia. O fato é que, mais cedo ou mais tarde, essa prática acaba se desgastando e perdendo o efeito. Mesmo os dirigentes mais sensíveis ao “puxa-saquismo” uma hora acabam se cansando dele.

Conquiste seu espaço na organização mostrando um trabalho de qualidade. Viver diariamente pensando em como bajular o chefe para poder ser visto, além de desgastante, é também vergonhoso.

Sua equipe tem tido uma ótima performance. Tudo está andando como esperado, metas sendo atingidas, elogios têm vindo da diretoria. Mas você está reconhecendo o valor dela? Você a elogia? Se a resposta é não é melhor começar a pensar nisso.

O elogio é um verdadeiro bálsamo para o ser humano. Ele supre uma das necessidades ditas secundárias para a vida, que é o desejo de ser aceito e reconhecido. Elogiar apontando um motivo concreto e na medida certa funciona como um combustível para a equipe. Ela aprende que se trabalhar duro e com eficiência, seu trabalho será reconhecido.

Elogie, premie, parabenize.

Você verá que com o tempo sua equipe estará indo cada vez mais para o alto e avante!

Você é muito dedicado ao seu trabalho. Realiza muito, segue todos os regulamentos internos, relaciona-se bem equipe. Mas seu chefe nem sequer percebe aquilo que você faz. Saiba que isso é mais comum do que você imagina.

Muitos chefes simplesmente não gostam ou não criaram o hábito de elogiar seus colaboradores. Isso tem origens múltiplas, talvez em situações vividas no passado no ambiente de trabalho, na família ou ainda na época dos bancos escolares. O que você tem que ter em mente é que por mais que seu chefe não o elogie, os resultados estão aparecendo. Não é necessário que alguém diga a você aquilo que você já tem convicção: que você já está fazendo a sua parte.

Continue sempre firme e procure melhorar cada vez mais, a recompensa pode demorar, mas com certeza não vai falhar. Quem trabalha bem, certamente será reconhecido, mais cedo ou mais tarde.