Depois de muito tempo e esforço, finalmente o tão sonhado aumento de salário chegou. Você faz planos, traça objetivos, pensa no que fazer com o dinheiro a mais que terá nas mãos. Mas será que é prudente sair se endividando já no primeiro mês?

A resposta é não. Quando você está acostumado a um nível de renda e a um padrão de vida, geralmente demora um pouco para se adaptar às novas possibilidades trazidas por um aumento de salário. É preciso bom senso e sangue frio para não acabar trocando os pés pelas mãos e se afundando em dívidas logo de cara. “Sinta” o seu novo salário por alguns meses. Planeje gastos sempre pensando num futuro próximo e em emergências. Monte sua nova planilha de despesas pessoais.

Após algum tempo você estará familiarizado com seu novo nível de renda e conseguirá fazer escolhas muito mais acertadas. Portanto, não transforme um “plus” no seu salário em um “plus” de dívidas.