Quando o funcionário está motivado e cheio de idéias é difícil algo tirar esse interesse. Porém, as conversas paralelas têm o poder de tirar a concentração, atrapalhar o pensamento e a linha de raciocínio do colaborador.

As conversas ao redor do funcionário empolgado podem interferir no rendimento e no seu resultado final.

Nem sempre é fácil lidar com essa questão, principalmente, se as pessoas que estão causando esse incômodo forem colegas.

Mas o ambiente de trabalho deve ser respeitado e lembre-se ali sempre será o ambiente de trabalho.

Sendo assim, manter o foco é primordial.

Por José Alberi Fortes Junior

Com a evolução rápida dos meios de comunicação, a internet passou a fazer parte da vida da maioria das pessoas. Nas organizações não foi diferente. Uma parcela grande das empresas se utiliza da internet e das redes internas de comunicação para facilitar o dia a dia.

Mas usar corretamente essa ferramenta valiosa é questão de bom senso.

Muitas companhias tem restringido o acesso a alguns sites de internet a seus colaboradores. Isso decorre do fato de eles abusarem do uso desses sites. Enviar e-mails pessoais, fazer compras ou ficar de bate-papo durante o expediente são os motivos alegados pelas empresas para tomarem tal atitude. É preciso ter consciência de que a internet deve ser usada como acessório para facilitar o trabalho e não como recurso para “matar” o tempo.

Dispersar-se o tempo todo com atividades alheias ao serviço é um comportamento desonesto e inaceitável.

Use com sabedoria a internet em seu ambiente corporativo. Não dê margem para que a companhia pense em limitar ainda mais sua liberdade ao usá-la. É melhor utilizar com equilíbrio para poder utilizar sempre.

Todo dia é a mesma coisa. Você chega em casa, tira os sapatos e se joga em sua poltrona preferida. Quando sua esposa vem lhe perguntar sobre o seu dia, você se desmancha em reclamações e só fala de trabalho. Seu filho lhe pede ajuda com a lição de casa e você o repreende, dizendo que está cansado. Saiba que sua qualidade de vida pode estar comprometida.

A família é a base de nossa sociedade. É nosso porto seguro. Nela nascemos, crescemos e morremos. Passam empregos, situações, amigos. Mas a família está sempre lá, de braços abertos para nos acolher. Nosso trabalho não deve ser mais importante que a família. De que adianta sermos ótimos profissionais, com salários excelentes, se não podemos ver nossos filhos crescerem?

O trabalho não pode dominar nosso lar. Nosso lar é um lugar sagrado de amor e harmonia. E é assim que ele deve permanecer durante a maior parte do tempo.

Tudo o que você faz ultimamente apresenta pequenas falhas. Seu chefe e seus colegas dizem isso todos os dias. Muitas vezes a origem do problema está numa palavra apenas: distração.

Muitas pessoas têm sérios problemas por serem dispersas no trabalho. A distração gera falhas, serviços incompletos e de má qualidade.

Perder a atenção por causa das pessoas que passam por sua mesa, pelas conversas paralelas ou pelo papo no msn não é aceitável. Não é proibido fazer pequenas pausas, mas estar distraído o tempo todo é uma postura totalmente inadequada.

Foco no trabalho é uma das condições indispensáveis para a obtenção de resultados. Quem vive no mundo da lua não chega a lugar nenhum.