As chances são para iniciar as atividades neste mês de junho de 2016. A empresa procura profissionais para cargos como Training & Quality Lead, Compliance Director e Contact Center Lead.

A Nike, uma das marcas mais conhecidas do mundo dos esportes, está sempre divulgando suas novas vagas de emprego. E para junho, a entidade está recrutando profissionais do estado de São Paulo que tenha nível superior e experiência na função ofertada.

Falando em função, a Nike disponibiliza propostas para os cargos de Training & Quality Lead, Compliance Director e Contact Center Lead. Segundo informações, esses cargos exigem muito dos candidatos. Entre os requisitos, o profissional deve ter experiência, nível de ensino superior, fluência em Português, Espanhol e Inglês.

Se você tem o perfil, procure cadastrar seu currículo o mais rápido possível. Hoje ainda você consegue enviar seu currículo para o banco de dados da Nike. Saiba como!

O cadastro do currículo pode ser realizado exclusivamente pela internet, podendo ser concluído em questão de minutos. Para se cadastrar e obter mais detalhes sobre as ofertas de trabalho da Nike, o interessado deve acessar o site https://nikeats.avature.net.

A entidade afirma que quem estiver interessado deve procurar as informações sobre as propostas com suma urgência, dando preferência para o dia de hoje. Isso porque as oportunidades podem sofrer alterações ou podem ser preenchidas no de correr do dia, sem que haja aviso prévio.

Sendo assim, quanto mais antes buscar informações melhor será.

Como organizar o currículo

Precisando entrar no campo de trabalho? Saiba que há muitas vagas de emprego nas empresas de grande porte. A empresa a cima é exemplo! O problema é que essas entidades são rigorosas quando se trata de avaliar currículos. Para que o documento não vá parar no lixo, segue algumas dicas.

Ensino Completo:a maioria das propostas de trabalho nas grandes entidades requer profissionais com nível de ensino concluído, de preferência o superior. Caso esteja cursando, é importante acrescentar essa informação no documento.

Experiência de Trabalho: não há necessidade de colocar cinco ou dez empresas no currículo, isso é perda de tempo. O recrutador irá avaliar as funções que o profissional atuou, dando preferência para aquelas que a oferta visa. Então, destaque dois ou três cargos que a vaga está buscando.

Cursos Profissionalizantes: tem conhecimento em Inglês, Espanhol, Informática e demais cursos? Então os aborde no currículo. Acrescente também outras informações como nomes, endereços e telefones das instituições. Lembre-se também de acrescentar a data de inicio e termino do tal curso.

Por Flavinha Santos

É essencial que o candidato a uma vaga de emprego saiba estruturar e montar um currículo de maneira correta.

O currículo é um dos principais documentos, pois ele é a porta de entrada para muitas empresas do mercado. É fundamental que o candidato saiba estruturá-lo e montá-lo, visando chamar a atenção do recrutador e se destacar no meio de tantos outros.

Que tal conferir algumas dicas para montar um currículo estratégico?

A parte de dados pessoais deve estar completa com informações como nome, e-mail, entre outras. Mas, existem dois tipos de informações que não devem constar: número de documento e pretensão salarial. A informação da posição que deseja ocupar na empresa deve escrita de forma objetiva e clara, ou seja, com o nome do cargo pretendido.

Como você monta a parte de qualificação profissional? Essa fase pode ser montada em tópicos, por exemplo. O profissional pode abordar os conhecimentos adquiridos e as principais realizações ao longo da carreira. Todavia, é importante que o assunto abordado procure ser relacionado com o posicionamento desejado. O foco deve ser sempre visando em resultado, ou seja, é preciso que a pessoa demonstre que quer contribuir para o sucesso da Organização.

Além disso, no currículo devem constar as realizações profissionais do candidato. Procure colocar, pelo menos, duas e foque no que foi desenvolvido, a forma e o resultado gerado para a empresa em vários aspectos.

Você sabe falar algum idioma? Então escreva sobre o seu nível de conhecimento. Lembre-se que o recrutador pode ter perguntar sobre o assunto. Coloque apenas informações que sejam verdadeiras.

Já pensou em fazer um tópico de informações complementares no currículo? Nesta parte, acrescente dados que são relevantes e não foram encaixados em outros locais. Por exemplo, um curso de extensão que tenha sido feito, um congresso ou um projeto que você participou. Mas, acrescente apenas pontos relevantes e focados na área profissional. Cuidado para não colocar informações desnecessárias.

Gostou das dicas? Não deixe de compartilhar com os seus amigos!

Por Babi

Para as pessoas que sonham em começar o primeiro emprego, é necessário formular um currículo com as características pessoais, qualificações e o cargo ou função que deseja e enviar ou entregar às empresas de sua preferência.

Às vezes, por ser o primeiro emprego, surgem muitas dúvidas na elaboração do currículo, mas o importante é elaborar um que seja atraente, com pouca informação e, contudo, informação verdadeira e bem apresentável.

Uma dica interessante na elaboração de um currículo é focar na formação escolar ou acadêmica, além de cursos, palestras e treinamentos, que são de grande importância na avaliação.

Um cuidado especial em relação aos erros gramaticais; depois de elaborado, revise a gramática e todo o conteúdo inserido. Lembre-se: o currículo deve ser feito de forma objetiva e focando nas suas qualidades profissionais e não informações para “encher papel“.

Na entrevista procure se apresentar com boa aparência e comunicação adequada. Procure utilizar uma linguagem simples e objetiva; responda os questionamentos de forma tranqüila e verdadeira, sendo autêntico, e demonstre interesse pelo cargo ou função oferecida.

Estes são alguns itens para formar seu currículo:

– Dados Pessoais: nome completo, idade, estado civil, endereço, cidade, região, telefone (celular ou residencial) e e-mail;

– Objetivo: descrição direta de intenção para o cargo ou função ofertada, para que a empresa avalie seu interesse. Não escreva diversos objetivos juntos, foque no principal;

– Resumo de qualificações: informações positivas sobre a carreira, habilidades, conhecimentos e experiências;

– Formação acadêmica: grau de escolaridade que possui. Deve citar o nome da instituição de ensino e previsão de térmico do curso;

– Experiência Profissional: o candidato sem experiência pode citar eventuais trabalhos  do centro acadêmico da faculdade, relatando as atribuições;

Não se deve colocar:  foto – somente quando solicitadas – nem nome de pais, esposa, filhos ou cônjuges. O título ”currículo vitae”, referências pessoais, cartas de referência e motivo pelo qual provocou a saída do emprego anterior també não devem ser inseridos.

Por Railson Tomás de Araújo Lopes

Recentemente, venho reparando e parando para trazer à tona um tema que sempre é discutido: o que conta mais no quesito profissional, uma formação acadêmica de ponta, com louvores e notas acima de 9,0 com diversas formações e cursos posteriores? Ou o que vai fazer o seu diferencial será um currículo extenso, com diversas experiências profissionais, em diversos ramos, todos com bons respaldos e conhecimentos práticos adquiridos?

A resposta, meus caros, é a segunda alternativa. Óbvio que ter um currículo acadêmico impecável é de extrema valia para o mundo profissional. Quem apresenta notas altas durante as graduações, louvores em cursos e diversas formações sempre terá seus pontos positivos ressaltados, entretanto, se você não obtiver tantas formações, notas “não espetaculares”, entre outras coisas, mas possuir um currículo de se admirar, com trabalhos desenvolvidos para grandes empresas, somente respaldos positivos por onde passou, permanência durante bom tempo em cada lugar onde trabalhou, isto contará muito mais na sua contratação.

Os "chefes" gostam de pessoas que possuem um currículo acadêmico excelente, mas, muitas vezes, essas pessoas se preocuparam demais com a parte acadêmica e se esqueceram de que, na hora da prática, o que conta mesmo é o seu modo de operar e resolver as diligências que lhe serão encaminhadas.

Isso você só demonstra através de um currículo experiente, onde você pode comprovar que desenvolveu tarefas em grandes empresas, que de fato requereram todos recursos de persuasão, conhecimentos técnicos, boa comunicação, entre outras características, que são de suma importância no quesito relação de trabalho. 

Portanto, para você, estudante, fica a recomendação: a sua formação é de extrema importância, conclua com êxito e, claro, sempre tente conseguir se sair o melhor possível nas suas notas das avaliações. Entretanto, não dê tanta importância para suas notas, desde que você esteja apto para finalizar o curso, já é suficiente.

A não ser que você queira seguir uma carreira acadêmica, aí é claro que cada nota terá sua importância elevada. No mais, para um ambiente profissional, procure ter o máximo de experiência possível, isto contará muito. 

Por Matheus Noronha Sturari

Cansado de enviar currículos e nunca ser selecionado? Encontra a vaga dos seus sonhos, mas o processo seletivo é demorado e a resposta nunca vem? Fique tranquilo, porque você não é o único que passa por isso. Nossa intenção é trazer algo inovador, para que seu tempo seja valorizado e o do recrutador também. O primeiro passo é como escrever seu currículo, dividi-lo de forma clara e objetiva, com objetivo, formação, cursos e experiência já é padrão, mas que tal você sair na frente e ter um diferencial? 

Muitas empresas valorizam a participação do futuro contratado em atividades que agreguem valor, como trabalho voluntário nas mais diversas áreas. Se você tem um tempo livre e nunca doou parte dele para instituições que precisam, é hora de fazê-lo. Dinheiro é fundamental, sabemos bem disso, mas trabalhar em prol daqueles que precisam pode ser o passo que falta para a empresa dos seus sonhos te contratar.

Escrever o currículo de forma inovadora pode também ajudar, nada daquelas coisas complexas, é preciso ter criatividade em um mercado que é bastante competitivo. Mesmo que você não possua vasta experiência, sua inteligência pode ser observada no desenvolvimento do seu currículo, vale a pena ficar atento a isso. E nada de mentiras para impressionar quem o selecionará, afinal de contas, uma informação pode ser apurada e desmentida na hora da entrevista.

Quem procura por trabalho ou estágio passa por um crivo exigente, visto que algumas empresas podem receber centenas de currículos para a mesma vaga, se você não impressionar na primeira leitura, não haverá segunda e, assim, não será selecionado. Nada de disparar currículos para as mais diversas áreas, se você é vendedor, por que mandará seu currículo para uma vaga de pedreiro? Isso demonstra desespero, não interesse realmente.

Não se preocupe, essas dicas podem te ajudar a conquistar um novo emprego e não vai demorar muito. Leia, informe-se e estude. Conhecimento é primordial para o seu desenvolvimento intelectual. Isso pode fazer uma grande diferença na hora de conquistar um trabalho. 

Por Agnes Lutterbach Moreira da Costa

Devido ao fato de que os recrutadores costumam receber diversos currículos a análise feita por eles de cada um costuma ser coisa de segundos (superficial). Ser claro, objetivo e apresentar apenas o necessário pode chamar a atenção do recrutador para um currículo em específico. Focar no que é importante e tomar cuidado para que o currículo não pareça mais uma tese de mestrado do  que um documento de apresentação são alguns dos cuidados. Entretanto, não é só isso.

O site americano Business Insider fez uma lista de alguns itens que não devem ser colocados nos currículos. Abaixo selecionamos e comentamos alguns deles confira:

– Objetivo:

Se a pessoa está se candidatando para uma determinada vaga já está mais do que claro que ela quer aquela função. Então não é preciso mencionar isso. A exceção vai para o caso da pessoa estar mudando de setor de atuação. Nesse caso sim, o objetivo e um pequeno resumo das qualificações vão bem.

– Experiências sem importância:

Nessa classe entram trabalhos muito antigos, coisas que não aumentam a experiência do candidato ou não contribuem em nada para a atual vaga não são necessários no currículo. Isso acaba contribuindo para que o documento seja mais focado e tenha maior possibilidade de ser analisado.

– Dados pessoais:

Nome e contato nem se fala. Entretanto, algumas pessoas não se limitam a isso e colocam informações sobre a orientação sexual, estado civil e até o número da carteira de trabalho. Completamente desnecessário.

– Hobbies:

Nenhuma empresa está se importando com o que o seu futuro funcionário faz nas horas vagas. Se o hobby nada tem a ver com o futuro emprego pode tirar fora do currículo.

– Uso dos pronomes pessoais:

O currículo é do candidato e o recrutado já entendeu isso muito bem. Então nada de colocar eu fiz isso, eu fiz aquilo. Nada de escrever na terceira ou primeira pessoa.

– E-mail:

Tá certo que o e-mail é uma forma de contato com o profissional. Mas cuidado ao escolher o endereço. A dica é evitar endereços que tenham apelidos ou palavras “não muito profissionais”.

Por Denisson Soares

Quando se está em busca de uma colocação no mercado de trabalho a principal ferramenta que o cidadão tem é o seu currículo. Naquele simples pedaço de papel está o mais importante sobre sua vida profissional. E também naquele simples pedaço de papel pode estar sua sorte ou seu azar na conquista de uma tão sonhada vaga de emprego.

O problema é que a maioria dos currículos não é aproveitada pelas empresas. As informações são da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH). De acordo com as estimativas de cada dez currículos recebidos, apenas dois têm chances de serem aproveitados.

O principal motivo apontado para esse enorme descarte de currículos é o fato de que o candidato que deseja concorrer para a vaga mal conhece os requisitos que são exigidos para ela. E isso quando seu perfil profissional não se enquadra na mesma.

Já o segundo ponto que mais contribui para a dispensa de currículos são os erros cometidos no mesmo e informações desnecessárias ou necessárias, mas incompletas.

Como se sabe o cartão de visitas do candidato é o currículo. Alguns aspectos que a primeira vista são sem importância podem contribuir e muito para que o candidato seja desclassificado logo de cara. Entre os principais erros apontados estão aqueles candidatos que insistem em colocar fotos no documento quando a mesma não é pedida. Já quando se solicita a imagem o candidato deve escolher bem qual colocar. Imagine uma foto para uma vaga em uma grande empresa com um cachorro no colo. Ou ainda uma imagem com várias pessoas. Quem o recrutador vai pensar que é o interessado na vaga?

Outro ponto que pode ser fulminante para o descarte do currículo é a forma como o candidato expõe o texto no mesmo. Tem gente que faz um “sermão da montanha” citando coisas que nada tem com a vaga.

Além desses pontos que foram citados, uma boa ideia é o candidato se colocar na posição da empresa. Ou seja, se ele fosse o dono o que queria ver no currículo de um provável futuro funcionário.

Confira mais dicas sobre o assunto acompanhado diariamente nossas atualizações.

Por Denisson Soares

Está preparando o currículo? Então fique atento e inclua nele aquelas habilidades que não são tangíveis, mas que são verdadeiramente importantes na hora em que os empregadores decidem quais candidatos podem estar na lista de novos contratados.

No meio empresarial elas são conhecidas como “soft skills”, nada mais são que habilidades relacionadas às características de personalidade do candidato e são consideradas por grande parte dos empregadores como habilidades fundamentais no momento de decidir qual profissional escolher. Em muitos casos, elas são reconhecidas como requisitos tão importantes quanto às competências técnicas e por vezes são entendidas como mais importantes que esse conhecimento técnico. Estas conclusões foram retiradas de uma pesquisa realizada pelo site CareerBuilder, página web dedicada ao recrutamento, nesta investigação foram pesquisados gestores e profissionais especialistas em gestão de pessoas.

A procura pelo “candidato ideal” é feita verificando que as habilidades intangíveis sejam tão boas quanto os conhecimentos técnicos. Por vezes fica um pouco difícil saber de que tratam essas habilidades de personalidade, assim nem sempre as pessoas quando procuram um posto de trabalho reconhecem em si determinadas características comportamentais e de atitude que podem ser decisivas no momento de desempenhar sua função.

Algumas dessas habilidades tidas em conta são: a habilidade para resolver problemas, assumir desafios, ser confiável, entregar no prazo o que promete, capacidade de motivar, proatividade, doação para o trabalho, enfim, estas são apenas umas das mais importantes e mais solicitadas pelos recrutadores.

Na pesquisa mencionada acima fez-se uma lista das dez habilidades mais consideradas pelas empresas, em primeiro lugar ficou a ética no trabalho e no desempenho das atividades relativas a ele e em último ser confiante e seguro de si.

Quando for montar o seu currículo não cite habilidades que você não possui, pois caso contratado você deverá demonstrá-las e ficará chato se o seu novo chefe descubra que mentiu tão logo no seu primeiro contato com a empresa.

Por Melina Menezes

Um dos erros que mais podem comprometer um novo emprego é um currículo mal elaborado. O currículo como já citamos em outras matérias relacionadas a este tema, é o principal documento que serve como porta de entrada para a entrevista e a admissão em si para um cargo tão desejado. Quatro desses erros são os que mais se destacam por aqueles que possuem pouca experiência no assunto.

Antes de criar o seu, atente-se às seguintes questões: 

– Ortografia – Você deve estar atento quanto aos erros básicos que podem ser cometidos por qualquer pessoa com pressa. Essa falta de cuidado pode transmitir despreocupação e relaxo por parte do candidato, além de colocar em questão a sua escolaridade e os seus reais conhecimentos acadêmicos. Os contratantes levam em conta de como será uma digitação em um documento importante da empresa, por exemplo;

Telefone – Os seus números de telefone são os meios de contato mais importantes e devem estar devidamente atualizados e corretos. Caso os recrutadores não consigam completar a ligação, pode apostar que o seu currículo (por melhor que  possa ser), pode ficar de fora de um processo seletivo. Se o número for de recado, avise a pessoa dona da linha e informe o nome ao lado do número;

Formatação – Muito cuidado com espaços, parágrafos e vírgulas. Ás vezes eles são usados desnecessariamente e podem confundir a pessoa que está avaliando o documento. A fonte também deve ser usada com cuidado, nada de querer enfeitar o nome com as fontes que apresentam muitas curvas e que podem confundir a leitura do profissional de RH. As fontes mais indicadas continuam sendo Arial, Verdana, Tahoma e Times New Roman. As descrições não devem ultrapassar o tamanho 12; 

Detalhes confusos – Vale para a questão "enfeite" citado no parágrafo acima. Nada de desenhos ou demais formas geométricas que possam chamar mais a atenção do que o próprio conteúdo. As fotos são necessárias apenas quando requisitadas e devem ser de preferência, a imagem escaneada de uma 3X4, típica e própria para a ocasião. Aquela bonita do seu perfil social pode atrapalhar na maioria dos casos, guarde-a para o uso mais adequado e conveniente.

Por Luciana Ávila

É hora de conseguir um emprego, mas você não tem experiência e nem sabe como começar a preencher um currículo? Não se desespere! Todo mundo passa por isso na hora de ingressar no mercado de trabalho. Conseguir o primeiro emprego não é fácil e ter em mãos um currículo bem feito é muito importante.

Para começar, identifique-se. Esqueça o título “currículo”, comece já com o seu nome. Em seguida coloque seu contato: endereço, telefone, e-mail, idade, estado civil. Seu grau de escolaridade é outra informação relevante. Coloque a instituição de ensino e o ano de conclusão.

Experiências anteriores são importantes. Se você não possui registro em carteira, preencha esse ícone com o que você já trabalhou e especifique que foi sem registro. Organize-as por ano, da mais recente para a mais antiga, coloque o local de trabalho e as funções exercidas.

A última parte do currículo deve ter as qualificações / informações complementares e precisa-se ter uma atenção especial. Coloque os cursos que você fez que são relevantes para o cargo pretendido.

Evite colocar frases irrelevantes como “Adoraria trabalhar na sua empresa”, entre outras. Expor suas qualidades é interessante, caso você possua carro próprio e carteira de motorista, acrescente essa informação.

Erros de português são inaceitáveis e não se esqueça de fazer a formatação com uma letra fácil de ser lida e espaços grandes entre os itens.

Por Jéssica Bahls de Freitas

O início do ano é uma das melhores épocas para quem está à procura de um emprego. O ano fiscal das empresas acaba no mês de dezembro e no começo do ano estão em busca de novas contratações.

Antes de se candidatar, o primeiro passo para conseguir um emprego é rever as informações contidas no currículo.

O currículo é uma identidade da carreira do candidato, mas é preciso saber organizá-lo para não ser desclassificado antes mesmo de ser chamado para uma entrevista.

As informações pessoais que devem conter no currículo é o nome (em destaque), idade, nacionalidade, endereço e telefones para contato. Lembre-se de que números de documentos, como RG e CPF não devem ser colocados. Relate sua formação (ensino fundamental, médio, superior) e as três últimas empresas que trabalhou especificando brevemente as atividades exercidas.

Quando for chamado para fazer uma entrevista, procure informações sobre a empresa, porque dessa forma você se mostra interessado. Não exagere em perfume, maquiagem e se vista adequadamente.

Ser pontual é uma grande qualidade, por isso pesquise o local da entrevista e chegue com 10 minutos de antecedência.

Siga as dicas, seja confiante e garanta uma ótima oportunidade.

Por Luana Lima

Como o currículo é o seu primeiro contato com uma empresa, é preciso mostrar uma boa impressão a fim de aumentar suas chances de ser chamado para uma entrevista. Veja algumas dicas a seguir:

Geralmente as empresas exigem foto no currículo quando a vaga se trata de uma função que lida com o público. É recomendável que sua foto seja em traje de trabalho, isto é, com roupa formal. Não precisa ser de paletó e gravata ou terno. Camisa social é suficiente.

Se você tem um blog ou sites de relacionamento e acredita que as informações podem contribuir e favorecer o seu currículo, como exposição de algum trabalho por você realizado, por exemplo, vale à pena citar os endereços eletrônicos no documento.

O currículo deve ser o mais direcionado possível, por isso, adaptar o seu para cada tipo de vaga aumentará suas chances. Como não há uma regra sobre a quantidade de folhas, prefira que o seu currículo seja sucinto. Em geral, uma folha é suficiente.

Lembre-se que o que chama a atenção do selecionador é a disposição das informações de modo claro organizado e objetivo. Portanto, não use papeis coloridos e perfumados. Apenas cite a sua pretensão salarial se for solicitada. Boa Sorte!

Por Melisse V.

Todos sabem a importância de elaborar um bom currículo para conquistar uma chance de emprego. Porém, também é necessário ficar atento a respeito do modo como as empresas avaliam os candidatos através de suas informações curriculares.

Muitos candidatos acreditam que o foco está na foto de apresentação. Contudo, na primeira análise, o conteúdo é o mais importante. É claro que um currículo organizado e bem feito vale bastante. Mas o principal requisito avaliado pelos recrutadores é a experiência, pois se entende que profissionais com boas experiências podem se adaptar mais rápido à rotina da empresa e gerar bons resultados em menos tempo.

Outro destaque se refere ao uso das mídias sociais. Os empregadores consideram as informações que os candidatos divulgam em suas redes de relacionamento. Portanto, cuidado para não ser desclassificado por falas e fotos inapropriadas. Um avaliador busca coerência no comportamento e na qualidade do currículo dos interessados em ingressar numa empresa.

Boa Sorte!

Por Melisse V.

Profissionais qualificados na área de Tecnologia da informação podem se candidatar a uma das 84 vagas oferecidas pela consultoria em TI, Essence. Os requisitos fundamentais para a disputa são, nível superior e preferencialmente fluência em inglês, o domínio das tecnologias SAP e Microsoft (Certificações nos níveis Pleno e Sênior). O campo de atuação será em todo o país.

Desse total, serão recrutados 36 profissionais de alto nível para funções nos módulos SAP FI, SD, PP, PS CO e MM, além de 17 pessoas para ocupar o cargo de gerente de projetos e outros 31 para o desenvolvimento das linguagens ABAP e .Net.

Esse tipo de recrutamento é extremamente complexo no Brasil, que ainda carece de profissionais capacitados, experientes e com tais certificações. Segundo um dos executivos da consultoria, Rodrigo Ricco, os novos contratados deverão travar contatos com “gestores de grandes empresas nacionais e multinacionais” e por isso devem ter facilidade de comunicação e de relacionamento interpessoal.

Os candidatos deverão enviar seus currículos para o e-mail curriculum@essencebr.com. Os telefones (11) 2182-6554 e (11) 5181-6622 estão à disposição para eventuais informações.

Por Alberto Vicente

 

A busca pelo primeiro emprego sempre é um desafio para muita gente. Você não tem experiência e muitos empregadores querem alguém já pronto para entrar com carga total na função. A busca muitas vezes parece impossível, mas não é.

O primeiro passo é fazer um currículo eficiente. Você pode não ter experiência profissional, mas outras atividades podem te ajudar a ser uma pessoa confiável para contratação. Mesmo sem ter experiência na área, alguns trabalhos seus podem ser interessantes como portfólio na universidade de trabalhos em sala de aula. Profissionais recém formados de publicidade saem em grande vantagem mostrando arquivos de sala de aula, podendo assim comprovar as suas habilidades.

Ter conhecimento de idiomas é importante. A menor das empresas hoje exige conhecimento de língua estrangeira, então aproveite o tempo que está sem trabalho e procure estudar um pouco. Há muitas instituições governamentais oferecendo cursos de inglês e espanhol, línguas básicas para se ter no currículo, de forma gratuita.

Cadastre-se em agências de emprego de sua cidade. O Programa Primeiro Emprego do Governo Federal tem muitas empresas filiadas em todo Brasil voltados a incluir no quadro de funcionários jovens e adultos sem experiência. Geralmente elas procuram essas agências para ajudar na seleção.

Caso tenha renda e tempo, peça para ser voluntário em atividades sem salário. Um estágio sem remuneração em um projeto dará a oportunidade de conhecer muitas pessoas e sua força de vontade pode ser vista por outras pessoas como algo positivo e render uma indicação.

Por Lidianne Andrade

Para quem almeja uma vaga no mercado em diferentes Estados do Brasil, uma boa notícia. A rede de lanchonetes Giraffas está abrindo novas franquias e está contratando 240 novos funcionários para completar o quadro.

As oportunidades são distribuídas entre os cargos de gerente e operacionais. As vagas para operacionais são divididas entre as funções de caixa, chapeiro, ajudante de cozinha e atendimento ao público, e conta com 216 vagas.

Para a função de gerente o requisito exigido pela Giraffas é ter ensino médio completo. Experiência no ramo de alimentação será um diferencial na avaliação do currículo diante do empregador, bem como ocupação anterior na gerência. Os novos contratados irão atuar nas franquias dos Estados de Maranhão,Rio de Janeiro, Goiás, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Pernambuco e Distrito Federal.

Interessados devem ser maiores de 18 e devem enviar currículo para os emails de acordo com o Estado. São eles: Pernambuco vagaspe@giraffas.com; São Paulo vagassp@giraffas.com; Tocantins vagasdf@giraffas.com; Distrito Federal vagasdf@giraffas.com; Mato Grosso do Sul vagasdf@giraffas.com; Maranhão vagaspe@giraffas.com; Goiás vagasgo@giraffas.com; Rio de Janeiro vagasrj@giraffas.com.

Por Lidianne Andrade

Muitas pessoas utilizam apenas um modelo de currículo na hora de procurar emprego, mas será que existe diferença entre o currículo no papel e o da internet?

O currículo é a carta de apresentação de todo candidato, por isso é importante que ele cause sempre uma boa impressão.

Para elaborar um bom currículo que será enviado pela internet é desejável que o candidato utilize um bom padrão de fonte, além disso, ela deve ser bem legível. Evite se estender por muitas páginas, duas são o suficiente.

Quando você está à procura de um emprego numa área específica, procure fazer uma associação do que é realmente importante citar com a vaga pretendida. Seja sempre objetivo. Algumas empresas pedem que o candidato preencha a pretensão salarial, coloque "a combinar” sempre, pois esse assunto deve ser discutido durante a entrevista.

É muito importante atualizar seu currículo com freqüência, os bancos de dados das empresas podem selecionar o seu, atraído por alguma mudança realizada.

Entre os erros mais frequentes, está o excesso de informação, lembre-se sempre que a objetividade e a clareza são fundamentais na hora de elaborar um currículo.

Por Milena Evelyn

Grande oportunidade de trabalho para profissionais da área de telemarketing. A Atento, uma das maiores empresas na área de contact center e terceirizacão de processos de negócios, presente em mais de 17 países, abre seleção para Teleoperador. Serão oferecidas 2.425 vagas para várias regiões do Brasil.

No Estado de São Paulo são ao todo 1315 vagas sendo: 737 para a capital do estado de São Paulo, 307 para a cidade de São Bernardo do Campo, 105 para Campinas, 96 para São José dos Campos e 70 para a cidade de Ribeirão Preto. Para o Rio de Janeiro são 702 vagas; Porto Alegre 261 vagas; Belo Horizonte 66 vagas e 1 vaga para a cidade de Curitiba. 

A empresa oferece benefícios como assistência médica e odontológica, vale-refeição ou alimentação, seguro de vida, auxílio-creche, entre outros, e disponibiliza treinamentos e recrutamento interno visando o desenvolvimento da carreira. Possui parcerias na concessão de descontos de até 50% do valor das mensalidades com instituições de ensino do país para capacitação do funcionário em cursos de pós-graduação, MBA, mestrados, cursos superiores, de idiomas e informática.

Bons resultados e esforços são acompanhados e devidamente recompensados pela empresa.

Não é necessário experiência e a empresa oferece treinamentos de acordo com as necessidades. O candidato a Teleoperador tem que apresentar o segundo-grau completo, dinamismo, bom vocábulário, boa dicção, bons conhecimentos em informática, digitação e comunição verbal. 

A seleção será feita através do cadastramento do currículo pelo site: www.atento.com.br.

Por Daniela Salenave

A cada dia que passa, percebe-se que o mercado de trabalho exige mais dos candidatos. Uma boa qualificação e o domínio do inglês, antes eram considerados um grande diferencial.  

Mas hoje em dia, isso já não basta para conseguir uma vaga de liderança dentro das grandes empresas. Agora, elas já estão exigindo que o candidato domine uma terceira língua.

"O inglês atualmente já virou uma simples exigência. Então para se destacar diante dos outros candidatos, a pessoa tem que ter, além de atitude, experiência e um bom conhecimento técnico, o entendimento (pelo menos intermediário), em qualquer outra língua (seja espanhol, alemão ou japonês)", garante Adriana Hornatiuk, analista de RH.

Quem já tem um emprego, dominar um terceiro idioma pode ser primordial também na hora de conseguir uma boa promoção.

Por Thais Cortez

O início de um novo ano é marcado por esperanças renovadas e é um excelente período para arrumar um novo emprego. Isso ocorre por causa da baixa concorrência durante as férias. Enquanto isso, as empresas estão motivadas pelas metas de crescimento e aumento da verba disponível para mão-de-obra, o que torna o período mais propício para quem busca emprego.

Para se candidatar a um novo emprego, os interessados utilizam vários meios para chegar ao objetivo da recolocação.  Os portais de recrutamento pela internet se tornaram uma opção atrativa, tanto para os candidatos, quanto para as empresas, pela sua rapidez em selecionar a mão-de-obra necessária. 

Atualmente existem diversos sites de cadastramento de currículo com milhares de vagas disponíveis em todo o Brasil, em diversas áreas. Em alguns o cadastro do currículo é gratuito e possui vários níveis de pesquisa, facilitando a busca do interessado em arrumar um novo emprego neste ano que se inicia.

Por Selma Isis