Com extrema competitividade que impera no mercado, as corporações tem exigido com frequência que os colaboradores façam mais do que simplesmente exercerem suas funções básicas: eles precisam fazer a diferença.

Fazer a diferença é facilitar e otimizar processos, é reduzir custos de maneira simples e pouco traumática, é prospectar clientes em lugares e situações nos quais ninguém tentou antes, é resolver aquelas questões que há anos incomodam na empresa.

Simplesmente fazer o trivial já não acrescenta muito num ambiente extremamente dinâmico como o corporativo.

Encontre formas criativas de fazer a diferença no trabalho. Mesmo coisas pequenas podem contar muito a seu favor. Quem mostra a que veio sempre é mais lembrado do que quem vive só no “arroz e feijão”.

Você sabia que as pessoas mais criativas são mais valorizadas? Nós já nascemos criativos?

O estímulo dos pais é fundamental para que as crianças possam aguçar desde cedo a sua criatividade.

E nas empresas?! De igual forma! Pessoas criativas costumam ser mais atentas ao que as cercam, tendo uma visão mais ampla do ambiente, podendo trazer idéias que outras pessoas jamais observariam.