Churrasco da empresa no sábado: você não vai. Confraternização de fim ano: você usa a desculpa da tia-avó que faleceu pela terceira vez. Festa na casa de um colega: você prefere alugar um vídeo e ver sozinho. É… você está achando que é uma ilha em si mesmo.

O homem é um animal social por natureza. Ninguém é capaz de viver sozinho.

Da mesma forma, dificilmente alguém trabalha sozinho. Todo mundo precisa de alguém, em casa, no trabalho, em todos os lugares. Então, por que não se intregar? Dê uma chance a você mesmo. Saia da defensiva. Converse, interaja.

Experimente começar a se relacionar com seus colegas de trabalho. Você pode descobrir mais que companheiros de empresa, talvez até grandes amigos.

Você é convidado para o tradicional evento de fim de ano ou de aniversário da empresa… é uma festa comum como as outras? Posso agir como eu bem entender? A resposta é não. Vamos ver por que.

Apesar de parecer uma festa como qualquer outra, a festa de empresa reúne pessoas que estão juntas uma boa parte do seu tempo. Atitudes inconvenientes ou exageradas em ocasiões como estas, podem gerar mal estar e situações desagradáveis na volta ao trabalho.

Procure se comportar naturalmente nestes eventos, mas evite brincadeiras excessivas, bebedeiras ou comentários inadequados entre colegas ou em relação aos chefes.

Aproveite o momento de descontração para relaxar e interagir, mas procure ter o bom senso de não criar problemas que poderão atrapalhar na volta à rotina normal.