Carlos Lupi, ministro do Trabalho, afirmou que o resultado obtido entre contratações e demissões assinaladas pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês de dezembro de 2009, deve apontar a marca de 300 mil empregos a menos, totalizando, pois, o saldo positivo de 1 milhão de empregos com carteira assinada no país.

Essa margem, revela reportagem da Agência Estado, figurará, assim, 100 a 150 mil postos de trabalho a menos que o previsto nos dois últimos meses do ano passado, devido a uma grande perda de vagas em dezembro, opondo-se a outubro e novembro, quando postos temporários são gerados pelo comércio.

Para 2010, Carlos Lupi acredita que 2 milhões de empregos sejam criados pelo, configurando um recorde na história brasileira.

Confira mais sobre esta notícia e informações sobre o programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida” aqui.

Por Luiz Felipe T. Erdei

Foi anunciado pelo ministro do trabalho, o sr. Carlos Lupi, o aumento do valor do salário mínimo para R$ 465,00 a partir de 1 de Fevereiro de 2009.

Não é uma mudança muito grande (apenas R$ 50,00), mas é um passo importante para que se chegue em breve finalmente a casa de R$ 500,00. Serão 21 bilhões de reais a mais circulando na economia brasileira, na tentativa de reaquecer o mercado.

Será também criado um novo seguro-desemprego para evitar novas demissões, e será chamado de “seguro-emprego”.