Segundo consultores de Recursos Humanos as empresas têm demandas maiores por profissionais que tem a qualidade da pro atividade, da ousadia, e o grande desafio destas empresas é identificar essa competência nos candidatos.

Ter iniciativa, se antecipar a problemas, realizar além do esperado, estar sempre atualizado são algumas das qualidades destes profissionais, e segundo a Career Center, o mercado já tem muitos destes profissionais, mas não o suficiente para atender à demanda pedida pelas empresas.

Contudo a uma pessoa proativa deve possuir limites, ser exagerado na iniciativa, querer tomar toda a responsabilidade para si, ser individualista demais ou tomar parte do trabalho dos outros para si são algumas atitudes que devem ser evitadas.

No geral a simplicidade, o equilíbrio mental e o trabalho em equipe farão com que as qualidades negativas da proatividade fiquem ofuscadas ante os seus resultados.

Por Levi Rocha