Sua mesa de trabalho está sempre em ordem ou cada vez que você precisa de um documento você leva meia hora para encontrá-lo? Saiba que a organização no espaço que você ocupa na empresa reflete muito de quem você é.

Um ambiente desorganizado demonstra que a pessoa responsável por ele pode ter algumas deficiências. Sistematizar as coisas é, por vezes, essencial para o bom andamento do trabalho. Perder tempo procurando um documento ou outro material em um ambiente fora de ordem é contraproducente. Papéis importantes também podem desaparecer em meio à bagunça e acabar gerando grandes transtornos.

A dica é estabelecer um padrão de arrumação e tentar segui-lo sempre. Manter apenas aquilo com o que se está trabalhando no momento sobre a mesa é uma boa pedida também. Isso diminui o número de objetos no seu campo de visão e dá maior sensação de controle.

Deixe sua mesa de trabalho falar por você. Você quer que ela cause uma boa impressão ou não? Sinceramente eu acredito que sim.

Dentro de duas semanas você terá a exposição anual de resultados. Você está muito estressado. São gráficos, planilhas e relatórios intermináveis para fazer. O tempo parece passar sempre mais rápido do que você gostaria. Uma boa solução é tentar viver um dia de cada vez.

Não só no trabalho, mas em outros setores de nossas vidas, muitas vezes temos a tendência de querer antecipar o futuro. Essa tendência gera ansiedade, preocupações, estresse.

Se temos tarefas a cumprir e prazos a serem seguidos, é bom se planejar para executar tudo que precisamos, mas sempre focando um dia de cada vez. Uma caminhada é composta de muitos passos e se tentarmos dar passos mais longos que nossas pernas, certamente iremos tropeçar e cair.

Há 2000 anos, alguém muito sábio disse: “A cada dia basta o seu mal”.  Vamos procurar viver no ritmo certo para não sermos atropelados por um futuro que ainda nem chegou.

Seu trabalho está pronto antes que o de todos os outros colegas. Você é um exemplo de eficiência e competência. Apesar disso, na empresa há com ritmos diferentes do seu, mas que mesmo assim também realizam coisas importantes. É o caso de viver estressado por causa disso? É claro que não.

Pessoas diferentes possuem ritmos de trabalho diferentes. Uns são mais rápidos, outros mais lentos, mas o que importa mesmo no final são os resultados obtidos. Não estamos falando de casos extremos, como os casos daquelas pessoas que nunca cumprem os prazos de execução das atividades, mas sim de ritmos dentro dos padrões aceitáveis.

Se você é mais rápido que seu colega, aproveite para ajudá-lo. Com certeza, ele ficará muito agradecido, e no final das contas, você, ele e a empresa sairão ganhando.