Mais uma oportunidade está surgindo para as pessoas que possuem visão de crescimento profissional, pois a empresa Aegea acaba de fazer a divulgação da abertura do seu mais novo Programa de Trainee 2014 que tem como objetivo fazer a contratação de jovens talentos de todo o território nacional.

Saiba que a Aegea hoje é uma empresa que possui um grande reconhecimento de qualidade no Brasil, pois ela atua com excelência no ramo de processos operacionais do ciclo integral da água – abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto. 

Para se candidatar a esse Programa de Trainee Aegea 2014 é preciso já ter o ensino superior completo, e os cursos solicitados são: Engenharia Civil, Engenharia Mecânica, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Ambiental, Engenharia Mecatrônica, Engenharia da Computação, Análise de Sistemas, Economia e Administração de Empresas.

Os candidatos precisam tertambém conhecimentos no pacote Office e inglês intermediário. A conclusão deve ter acontecido no mês de dezembro de 2011, ou ela deve acontecer até o mês de dezembro de 2013.

Os contratados vão receber salário compatível com o mercado e todos os benefícios que são vale transporte, assistência odontológica, vale refeição, assistência médica, seguro de vida, participação de lucros e etc.

Será possível se inscrever para esse programa até o dia 06 de dezembro de 2013, e se você tem interesse clique aqui para fazer o cadastro do seu currículo o quanto antes. Ao preencher o seu currículo não se esqueça de mencionar todas as suas experiências profissionais, pois elas poderão ser as principais características na hora de fazer a seleção na primeira fase.

Depois dessa pré seleção os candidatos ainda vão passar por provas, dinâmica em grupo e entrevista pessoal. Esse programa terá a duração de 1 ano, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, ficando a critério da empresa Aegea.

Observação: Pessoas estrangeiras também poderão se candidatar a essa vaga, porém é necessário fazer a apresentação do visto permanente de trabalho no Brasil.

Por Josiane Fernandes de Jesus