Como falar do último emprego em uma entrevista



  

É preciso ter equilíbrio e saber o que falar do seu último emprego e do seu ex-chefe.

Durante a entrevista de emprego é muito comum que o entrevistador peça ao candidato que ele fale um pouco sobre o seu último emprego. Nesta hora, a primeira coisa que vem à mente são os problemas que você teve em seu último emprego, mas falar mal do ex-patrão é um péssimo negócio, então para começar, você já sabe que jamais deverá falar mal do último emprego.

O problema é que nesta hora o candidato começa a elogiar demais a empresa onde trabalhava e nenhum dos dois extremos é bom! Se o seu último emprego era tão bom assim, por que então você não está lá trabalhando? O que faz ali, procurando emprego, se trabalhava em uma empresa tão boa? Cuidado com as críticas, mas também com o excesso de elogios.

Veja também:  Sine de Barbacena (MG) oferece vagas de emprego

O melhor comportamento ao falar do último emprego em uma entrevista é ser sincero. Se você não dava certo com seu patrão ou seu superior, é mais do que natural que você tenha saído do emprego. É só expor esta questão com sinceridade, evitando citar culpados, foque apenas no problema. Explique que para não prejudicar sua carreira e também para não prejudicar a empresa, sua saída foi a única solução encontrada e que agora você ali, pronto para recomeçar em um novo emprego.

Ao falar a verdade, você estará mostrando ser uma pessoa íntegra, de confiança e sincera.
Mas o problema poderá se agravar, se o motivo de sua saída da última empresa for por culpa sua, por exemplo: chegar atrasado ao serviço várias vezes, não cumprir com as obrigações, fazer as tarefas pela metade, entre outros problemas que levaram seu ex-patrão a demiti-lo. Se você mentir, o recrutador poderá perceber ou descobrir a verdade depois e aí vai ser muito pior para você. Mais uma vez, o melhor caminho é ser sincero. Evite ficar muito na defensiva, assuma sua culpa e principalmente, deixe claro o seu propósito de mudança.

Veja também:  Abbraccio Cucina Italiana oferece 130 vagas em diversos cargos




Mas também não vai lhe ajudar em nada ficar falando o tempo todo de seus defeitos. Seja ponderado, objetivo e já parta para a próxima etapa, que é a de se valorizar, mostrando-se uma nova pessoa, um profissional que reconheceu os erros, mas que agora quer mudar.

O ideal seria que você treinasse estas respostas em casa, diante de um espelho ou pedindo ajuda para um amigo.

E lembre-se que muitas vezes o recrutador presta mais atenção na forma pela qual você está se expressando no que, necessariamente, está sendo dito, então você já vai treinando para falar do antigo emprego, mas sem ficar nervoso ou gesticulando muito.

Veja também:  Empregos em São José dos Campos (SP) - Novas Vagas no PAT

Por Russel



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *