Motivos que te fazem mudar de carreira



  

Alguns fatores podem ser analisados para a importante decisão de mudar ou não de emprego.

Mudar de carreira pode ser o passo mais importante da sua vida profissional, sem exageros. Muitas vezes você pode estar chateado ou infeliz com seu emprego e é nessa hora que mudar de carreira pode ser a coisa mais importante para você. Se você está indeciso quanto a isso, veja aqui alguns motivos que podem te ajudar nessa difícil decisão.

– Infelicidade:

O motivo mais comum e já citado aqui, se você está infeliz com a sua carreira não pode continuar assim, sua vida pessoal é afetada e sem ter prazer com o trabalho, ele pode se tornar uma pedra no seu caminho. Se você está infeliz, descubra o porquê, muitas vezes o motivo é que você não gosta do que faz, então corra atrás do que pode te fazer feliz.

Veja também:  Carreiras mais promissoras para 2017

– Sua saúde está sendo prejudicada:

Nesse caso você deve sim mudar de carreira, quando o seu trabalho exige tanto de você que começa a afetar sua saúde, é hora de rever suas prioridades. Talvez um cargo que tenha uma carga horária menor, ou menos responsabilidades, seja o ideal para você nesse momento.





– Mudanças na vida pessoal:

Muitas vezes suas prioridades passam a ser outras, depois de se casar ou ter filhos, por exemplo, sua vida profissional pode ser drasticamente afetada. O mesmo acontece quando você deixa de ter tantas despesas com seus filhos, onde pode diminuir as responsabilidades no trabalho e ter mais tempo para a família.

Veja também:  Procurar Emprego - Dicas e Estratégias para Conseguir uma Vaga

– Salário:

Esse não é o motivo mais importante, mas ele tem seu peso. Você não pode ingressar em uma carreira apenas pelo dinheiro que ela pode te oferecer, mas também não pode trabalhar com algo que você gosta, porém te deixa em condições difíceis. Tente achar um meio termo, mas lembre-se: procure algo que te deixe feliz.

Tudo é uma questão de pensar e refletir sobre o que é melhor para você, as dicas podem te ajudar a pensar, mas só você pode decidir seu futuro.

Por Tom Vitor de Freitas



Quer deixar um comentário?

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *